Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





A minha mãe e os rastreios...

por Carlos, em 01.03.18

rastreio-900x600.jpg
A mãe atende o telefone:
"- Estou?
- Está sim, boa tarde! Estou a falar com a Sra...?
- Sim é a própria!
- Como  está a senhora?
- Bem, mas desculpe com quem estou a falar?
- Tivemos acesso aos dados das pessoas idosas da freguesia e estamos a contactar com a intenção de agendar um rastreio a diversos problemas que surgem com o avançar da idade! A senhora está interessada?
- Não obrigado...
- Então porquê? É gratuito, é do conhecimento do sistema nacional de saúde e ainda é realizado aqui na freguesia!
- Espere aí que vou falar com a minha filha!
....
- Está sim? Nós vamos!"

A verdade é que a minha irmã, e porque a minha mãe mesmo do alto dos seus 75 anos ainda acredita que alguém dá de boa vontade seja o que for, para lhe tirar essa ideia da cabeça, aceitou então acompanhá-la, a ver se esta se convence dos interesses por detrás destas iniciativas! Estando eu por casa, fui também para ver até que ponto chegam este tipo de empresas!
Assim que fizemos a inscrição, perguntaram se nós os filhos queríamos nos submeter também à avaliação! Por que não? 
Entramos para um salão enorme, onde uma assistente nos pediu para nos sentarmos numa das inúmeras mesas disponíveis, a música estava assim com um volume bem alto, a desculpa para tal, foi para que não se ouvisssem os outros assistentes!
Uma conversa simpática, um sorriso rasgado, perguntas desnecessárias e começam então com o dito rastreio!
Primeiro o peso, a massa muscular, uma medição qualquer para ver o oxigénio que passa para o cérebro, um electrocardiograma feito apenas com os dedos, a medição da tensão arterial e no fim um resultado que todos nós esperávamos! No meu caso em particular não precisava disto para me dizerem que estou acima do meu peso ideal, que as minhas tensões estão ligeiramente altas (só de pensar em medi-las já sobem!), desconhecia, mas ao que parece a balança diz também que tenho gordura localizada em volta dos orgãos, vá resumindo, a ideia de que tenho de praticar mais exercício físico! Novidades?!
No caso da minha mãe, tudo o que foi dito já nós o sabemos, maleitas fruto da idade e dos excessos ao longo dos anos, portanto nenhuma novidade! 
Contudo coloco em causa parte do diagnóstico, pois não sendo médicos, quem me garante o aferimento dos equipamentos com os quais fomos analisados?! Mas, continuando...
Olhávamos uns para os outros e pensávamos, afinal isto vai ficar por aqui, sem publicades nem afins e avisámos a assistente que tínhamos que ir embora!
"- Agora que temos uns produtos do nosso patrocinador para lhes mostrar?"
Ah, afinal sempre há produto para vender!
"- Sim, podemos ouvi-la, mas tenho a minha filha doente em casa e depois como sabe, não lhe vamos comprar seja o que for, primeiro porque não viemos com disposição para tal e depois o meu irmão está desempregado, a minha mãe tem uma reforma pequena e eu estou de baixa!"
A minha irmã é muito directa e assertiva!
"Pronto, pronto não vale a pena mostrar mais nada então! Acompanho-vos à porta!"
A minha mãe talvez tenha ficado agora esclarecida que ninguém oferece sem que haja algo a pedir em troca! O que pretendem com estas inicitaivas, apanhar os mais idosos que indefesos acabam por cair na história da carochinha! 
Não colocando em causa o produto que vendiam, até acredito nele, mas os preços exorbitantes apenas servem para pagar o trabalho deles e diminuir as reformas destas pessoas!
"Mãe, ninguém dá nada a ninguém!"
Talvez agora tenha aprendido a lição! 

Autoria e outros dados (tags, etc)


52 comentários

Imagem de perfil

De Quarentona a 01.03.2018 às 07:24

Olha que realmente... as estratégias de impingimento estão cada vez mais criativas...
Imagem de perfil

De Carlos a 01.03.2018 às 18:11

Sim...e depois os velhotes não abrem a pestana e acreditam em tudo e mais alguma coisa!
Imagem de perfil

De Ana Gomes a 01.03.2018 às 08:56

Como eu adoro essas pessoas (infelizmente não o fazem por vontade própria) estão simplesmente a ganhar algum!
Imagem de perfil

De Carlos a 01.03.2018 às 18:12

Sim é o trabalho deles...mas não dava para mim!
Imagem de perfil

De Genny a 01.03.2018 às 09:45

No meio desse abuso todo, causa-me uma certa fricção a forma como obteram o contacto da tua mãe.
Quem lhes deu esses contactos?
Imagem de perfil

De Carlos a 01.03.2018 às 18:13

Pois não sei, mas numa próxima vez tentarei saber! Para eliminarem o número dela da base de dados!
Imagem de perfil

De Triptofano! a 01.03.2018 às 09:53

Os únicos rastreios gratuitos e sem intenção comercial são aqueles que são feitos nas feiras da saúde realizados pelas juntas de freguesia.
A minha farmácia vai participar agora numa em Abril, e é proibido fazer qualquer tipo de venda, obviamente que se vai publicitar a farmácia e tudo o mais, mas o objectivo principal é fazer um serviço ao público, não vender produtos com preços exorbitantes.
Recomendo-te também que num próximo contacto peçam para falar com a pessoa responsável pela base de dados e que exijam que os vossos dados sejam apagados de acordo com a lei de protecção de dados!
Imagem de perfil

De Carlos a 01.03.2018 às 18:14

Tenho de andar mais atento e numa próxima vez questionarei a origem dos dados para que os apaguem definitivamente!
Grande abraço Trip.
Imagem de perfil

De Paula Rocha a 01.03.2018 às 10:16

Ainda bem que publicaste isto, também ligam para cá para fazer rastreio ao coração. Por um acaso não vou mas...........
Obrigada.
Beijinho
Imagem de perfil

De Carlos a 01.03.2018 às 18:15

Sim é preciso ter o olho aberto! No fim devem ludibriar bem os idosos e estes sentem-se quase obrigados a comprar o artigo.
Beijinho
Imagem de perfil

De Peixe Frito a 01.03.2018 às 11:26

Acho interessante é como é que eles conseguem ter acesso aos dados das pessoas a partir de terceiros. É algo que me manda aos arames.
E mais triste ainda, é mascararem uma suposta preocupação com os cuidados de saúde a idosos, tão necessários, quando no fim é tudo técnicas de vendas dissimuladas.

Beijinhos!
Imagem de perfil

De Carlos a 01.03.2018 às 18:17

Se houvesse uma política persuasora destes 'mestres' publicitários, talvez não andassem aí a enganar o pobre e o velho!
É lamentável...
Beijinho.
Imagem de perfil

De A rapariga do autocarro a 01.03.2018 às 12:19

Todos os dias ligam para o meus velhotes com o mesmo tipo de conversa, a ver se os apanham numa desses eventos para lhes venderem produtos da treta!!! A mim é aquele constante que ganhei uma semana de férias!!!!
Imagem de perfil

De Carlos a 01.03.2018 às 18:19

Sim, mas nesses das férias, colchões e afins a minha mãe já não acredita!
Mas pronto, como eles inovam sempre, tentaram apanhá-la agora...
Beijinho.
Imagem de perfil

De green.eyes a 01.03.2018 às 12:49

Desconhecia completamente que já recorriam a estratégia dos rastreios para impingir coisas ...
Ainda bem que avisaste ...
Beijinho
Imagem de perfil

De Carlos a 01.03.2018 às 18:19

É verdade!
Eles inventam de tudo...
Beijinho.
Imagem de perfil

De Leandro a 01.03.2018 às 14:16

Infelizmente as coisas são assim... Mais vale confiar-se só nos médicos e muitos deles já cometem erros que chegue... Enfim.
Um grande abraço!
Imagem de perfil

De Carlos a 01.03.2018 às 18:20

Pois, verdade...
Grande abraço.
Imagem de perfil

De m-M a 01.03.2018 às 14:46

Tadinha...
Estas técnicas de venda são mesmo é para pessoas como a tua mãe. E eles sabem disso!
Imagem de perfil

De Carlos a 01.03.2018 às 18:20

Sim, para os mais velhos, a ver se os 'comem de cebolada'!
Felizmente acompanhamos a minha mãe...
Beijinho.

Comentar


Pág. 1/3