Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



restaurante-locanda.jpg

 

A primeira e última vez que lá fui, tem cerca de 5 a 6 anos! A convite de uns amigos que leram na Time Out sobre os melhores locais para comer esta iguaria pela cidade e arredores do Porto, verificaram que o restaurante Locanda em Canelas, Vila Nova de Gaia estava muito bem posicionado no ranking descrito na revista!
Num dia de verão lá fomos nós...
Lembro-me na altura ter ficado cerca de hora e meia à espera no exterior, para que nos arranjassem mesa! Pleno mês de Agosto não é fácil jantar seja onde for, ainda mais quando a casa tem fama pelo bem servir!
Assim que entramos, pedimos um pão de alho para os 7, precisávamos de enganar a fome enquanto esperávamos pela especialidade da casa...
Cozinhada na hora em forno a lenha, ao fim de algum tempo de espera lá vimos surgir a famosa da Francesinha!
Aqui me confesso um grande amante desta que é a iguaria mais famosa do Porto, mesmo não sendo muito esquisito, considerei aquela que lá jantei, a melhor das melhores que alguma vez comi! O molho tão bom, o queijo derretido já ligeiramente tostado pelo forno, bem é de salivar...
"Vá Carlos, não comeces já com desejos!"
Não, não começo até porque este sábado repetimos a experiência com uns tios do meu menino!
E posso vos dizer que passados estes anos, a experiência de agora não desfraudou as expectativas e por ser Inverno (talvez) arranjamos logo mesa, apesar de estarem com o restaurante cheio! Adoramos e ficamos muito contentes pelos tios dele, que não conheciam, terem adorado também!
Este não é de todo um texto publicitário com segundos interesesses ou rendimentos extra, não alinho nisso! Este é apenas um texto, onde me apetece dar-vos a conhecer uma excelente casa para degustarem a verdadeira da Francesinha!
Até porque, existem outras casas onde também adorei comer uma!
Começo a achar também que quando estou com fome, é quando elas me sabem melhor!
Os nortenhos que por aqui andam que se acusem, de onde é a vossa francesinha preferida?
E mais para o centro e sul? Tem alguma experiência para partilhar?

Autoria e outros dados (tags, etc)


Onde fica o civismo?

por Carlos, em 03.01.18

20816368_MYLVH-001.jpg

Sei perfeitamente que nem sempre a educação em casa é a desculpa para a proliferação de pequenos (ou grandes) delinquentes que predominam por aí! Conheço até alguns jovens cuja educação foi exemplar e acabaram por se transformar em marginais autênticos!

Mas, será que todos os pais conhecem todos os vícios dos filhos? Será que tem alguma noção que os mesmos não sabem viver em sociedade? A muitos pais pedia um exercício simples, acompanhem de longe os vossos filhos nas noitadas de fim de ano e afins!
Poderão ter uma desagradável surpresa...
Como referi no post anterior, na passagem de ano rumei ao Porto pouco antes da 1 hora da manhã! Preparados para a confusão é verdade, mas nunca preparados para o que acabamos por presenciar.
No percurso que costumamos fazer, numa rua emblemática do Porto ficamos incrédulos com a capacidade do ser humano ao constatarmos que todos os baldes do lixo que estão suspensos nos postes de eliminação estavam caídos! E isto, meus amigos, durante mais de dois quilómetros. Incomodavam? Não. Mas de certeza que alguém achou não conseguir percorrer o passeio à vontade e então decidiu, achou engraçado destruir os mecanismos que nos são colocados à disposição para tornarmos a cidade mais limpa!
Será que foi apanhado em flagrante pela polícia? Duvido... E mesmo que fosse, aconteceria o quê? A justiça é branda com este tipo (e outros) de crime!
Já em plena cidade do Porto, após os festejos, o lixo! Sim, as pessoas não procuram um balde do lixo para despejar as garrafas vazias de champanhe, vodka, martini ou até os copos, e outro tipo de lixo! Mas aqui, embora não perceba a atitude, todos sabemos que pela manhã as estradas são limpas pelo piquete escalado para a função! Assim é também no São João.
Pior que isto, o cheiro nauseabundo que se faz sentir em cada recanto da cidade! O homem (a mulher às vezes também), não sabe procurar um wc público e qualquer canto é ideal para satisfazerem as necessidades! A sério meus senhores? Em casa também vão ao jardim, à sala, à cozinha urinar? Desculpas a quem me lê, por esta linguagem, mas não pode ser de outra forma! Revolta-me esta falta de higiene para com quem caminha pela cidade e procura divertir-se!
E as bebedeiras? São do caixão à cova...
Será que não conseguem divertir-se moderadamente?
Que aproveitam os bêbados das festas? Nada... E ainda estragam a noite aos amigos!
Mas enquanto isto não se passa no meu núcleo de amigos procuro não me preocupar muito, mas é muito incómodo descer as ruas da cidade e andarmos aos saltinhos para não calcar o vomitado de miúdos e adultos que não sabem beber com moderação.
A sério, não tenho filhos, mas se os tivesse iriam envergonhar-me bastante se os visse nesta situação! Era bom que esta juventude pensasse assim também.
Onde pára o civismo minha gente?
Para um mundo melhor, uma atitude positiva por favor!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Soledad Cardinali - Fomos ao circo

por Carlos, em 21.12.17

25487503_306923459814554_6170234906876813786_o.jpg
O circo Soledad Cardinali está até início de Janeiro no parque da cidade do Porto!
Este ano o meu menino meteu na cabeça que queria ir ao circo, eu fiz-lhe a vontade...
Longe vão os anos, onde criança adorava o circo e toda aquela magia que o rodeava! Deliciava-me a ver  os domadores de leões, os palhaços e mais perto desta quadra festiva ver surgir o Pai Natal aquecia o meu coração. Velhos tempos...
O Soledad Cardinali, se viram na televisão ficou bastante danificado aquando da tempestade Ana, valeu-lhes a ajuda vinda de amigos para conseguirem levantar uma nova tenda e assim cumprir com os espectáculos agendados na Invicta até final do ano.
Compramos os bilhetes pelo 'Odisseias' onde paguei apenas 18€ pelos dois, quando na bilheteira custavam 20€ cada um! Ou seja pelo valor de um, comprei os dois...
Vamos ao espectáculo?
A expectativa era enorme confesso, contudo saí de lá desiludido! Das quase duas horas de espectáculo saliento como bom (não excelente) apenas o número com os leões e com as cobras (havia um crocodilo pelo meio)! De resto foi muito pobre, para o que estava à espera...
As ginastas não surpreenderam, os palhaços apenas fizeram rir as crianças com diálogos velhos e gastos, para além dos gestos que estavam descoordenados com a música, e ainda um número com dromedários e outro com um hipópotamo que mais não serviram para encher chouriços!
Mas, é só isto? Pensei eu assim que se aproximava do fim!
Não houve grande envolvência por parte do pouco público dentro da tenda!
Saímos de lá a pensar que teríamos feito melhor, assistir a uma sessão de cinema.
O meu namorado apenas me disse:
'Deixa lá, fizemos uma saída romântica a dois!" 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Serei caso raro?

por Carlos, em 18.12.17

images.jpg

O nosso dia a dia continua a ser invadido pelos escândalos “Raríssimas” e “Adoções ilegais pela IURD”!
Quando pensamos que o jornalismo em Portugal não funciona, ou que é muito sensacionalista, eis que alguns jornalistas nos provam o contrário e constroem duas excelentes reportagens que acabaram por deixar o país em choque!
E, ainda sobre a “Raríssimas” que anteriormente escrevi e dei a minha opinião, terminei o meu artigo afirmando que por uns pagam os outros!
Este fim de semana, numa ida ao supermercado com o meu namorado, encontramos duas jovens à entrada do mesmo a abordar os clientes com um peditório a favor das crianças com cancro!
Embebido pelas ultimas notícias acenei imediatamente com a cabeça, negando qualquer tipo de contributo, contudo o problema foi depois, enquanto estava nas compras o meu pensamento foi invadido com as imagens das duas jovens enquanto me questionava se não estaria a ser injusto?
Senti-me um pouco mal pela minha atitude, sim, talvez devesse ajudar!
É verdade que não podemos deixar que um caso isolado se generalize, mas foi tão gritante o abuso da tal presidente da Raríssimas, que ficamos com receio que o nosso dinheiro, mais não sirva do que para encher os bolsos de quem não precisa! E isso não quero!
Todos os anos costumo ajudar uma, ou outra instituição, mas agora vou ficar sempre na dúvida se devo ou não fazê-lo!
Serei caso raro? Ou vocês também pensam como eu?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


A música do ano

por Carlos, em 15.12.17

O Sapo desafiou-nos a escrever sobre o melhor da música durante este ano que finda daqui a praticamente duas semanas! Portanto, como gosto dos desafios que nos lança, cá estou a fazê-lo, não fosse eu um apaixonado por música! Aliás, rara será a pessoa que não gostará!
Assim resolvi partilhar convosco o meu top 3 a nivel nacional! Para mim, o melhor que se fez por cá durante este ano e pelo que sinto, chegaram, entranharam-se e dificilmente ficarão esquecidas! 
Vou começar pelo número 3, aquela música que este ano me (nos) deu uma enorme felicidade com Salvador Sobral a vencer a eurovisão com o tema "Amar pelos dois"!

 Confesso, não seria o tema que escolheria para nos representar no certame, mas depois de a ouvir algumas vezes percebi o potencial da mesma e comecei a gostar, até que já a sabia de cor! 

Ao Salvador Sobral agradeço a felicidade que me deu por ter vencido um festival que jamais na vida pensei conseguirmos tal feito.
Foi bom demais!
Em 2º lugar neste meu top coloco a música de Marco Rodrigues, "O Tempo"!

 

Um pouco a igualar o registo já lançado pela fadista Mariza, o Marco conseguiu com este tema colocar os Portugueses a cantarolar a música por todo o lado! Quem é que não se rendeu ao Tempo?
Por último, mas para mim o melhor que se fez no nosso país nos últimos anos, a número um do meu top, Carolina Deslandes com "A vida toda"!

Mas quem é que não gosta deste tema com uma melodia tão doce e uma letra tão bonita? Mas que declaração de amor, de amizade, de carinho? Amo este tema e derreto-me sempre que o ouço!
Ressalvo o panorama músical Português que está em constante evolução e temos assistido ao surgimento de verdadeiros artistas que continuam a brindar-nos com excelentes temas. Ella Nor, DAMA, Diogo Piçarra, Fernando Daniel entre outros são prova disso!
E vocês? Já partilharam as vossas escolhas?

Autoria e outros dados (tags, etc)


Pulha

por Carlos, em 11.12.17

Desculpem-me a linguagem no título deste artigo, mas este foi um termo utilizado durante a reportagem que hoje partilho convosco?
Vocês viram? Perceberam bem a forma suja como é gerida esta instituição? 
Quem algum dia ajudou a "Raríssimas"? 
Mesmo que não o tenhamos feito directamente, os nossos impostos que mensalmente entregamos ao estado servem para que diversas instituições sejam ajudadas! Até aí tudo bem, percebo perfeitamente. Só não consigo aceitar que não sejam feitas auditorias a estas instituições e que depois venhamos a saber que o dinheiro tem servido para enriquecer uma família inteira!
Pulha, a palavra certa a uma pessoa que brinca com o dinheiro do estado!
Pulha, a palavra certa a uma pessoa que enriqueceu com o dinheiro do estado e dos contribuintes!
Pulha, a palavra certa a uma pessoa arrogante, prepotente e que assediava moralmente os que não concordassem com ela!
Pulha, a palavra certa a uma pessoa que se achava, que enriqueceu com o nosso dinheiro e que ainda obrigava a que os funcionários quase lhe fizessem a vénia à sua passagem!
Pulha! Pulha! Pulha!
Ganhar mais que o Presidente da República e ainda repudiar a postura humana deste!
Achar que o marido, encarregado de armazém, a ganhar 2000 e tal euros, ganhava mal!
"A sério!" - Dizia ela!
Não vou dizer aqui o que esta mulher merecia! Iria descer muito baixo...
Espero que seja feita justiça e que de alguma forma isto sirva de exemplo para que auditorias sejam feitas noutras instituições!
Estão a brincar com o nosso dinheiro!
Cada vez mais me recuso a ajudar estas instituições, não são novidades os boatos de que muitas vezes os bens monetários e alimentares não chegam ao destinatário ou então não chegam por inteiro!
E depois, por uns pagam os outros!
Ah grande pulha!
 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Uma mão cheia

por Carlos, em 08.12.17

24955451_10210077738212439_2961974891411168425_o.j
Uma mão cheia, não chega para o que Cristiano Ronaldo almeja, contudo é o suficiente para dar uma bofetada de luva branca a muitos dos que não acreditavam nas capacidades do CR7!
Aqui me confesso um grande fâ do jogador Português, mesmo que por vezes não esteja de acordo com algumas das escolhas que ele faz na vida. Mas, a vida é dele!
Gosto da garra que ele tem em vencer tudo, gosto do exemplo, do desempenho, da preserverança!
Aprecio a solidariedade do próprio que se tem envolvido em diversas campanhas!
Gosto e orgulho-me de cada vez que o nome dele é falado no mundo, sinto, que falam também um pouco de Portugal.
E afinal sabe tão bem que falem de nós, do nosso país! Não dizem que Portugal está na moda?
Parabéns ao Cristiano Ronaldo pela 5ª bola de ouro. Obrigado Cristiano por conseguires levar-nos tão longe!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Biggest fail

por Carlos, em 10.11.17

download-3.jpg

Cá por casa, somos unânimes, ambos gostamos imenso de ver os realitys shows da TVI, principalmente os apresentados pela Teresa Guilherme!
Por mim falo, este 'amor' começou com a primeira edição do Big Brother já lá vão uns bons anos!
Casa dos Segredos, A Quinta das Celebridades, A Quinta foram formatos a que assistimos regularmente, até mesmo o Love on Top nos habituamos a ver, contudo de uma forma mais irregular, nunca nos revimos no formato!
Até que a TVI se lembrou de produzir o BIGGEST DEAL e colocar uns quantos concorrentes mais ao menos famosos a venderem serviços afim de arrecadar algum dinheiro para algumas causas! A ideia é boa, é louvável o objectivo final, mas não resultou!
A TVI ainda não percebeu que para quem gosta de reality shows, quer ver outro tipo de concorrentes, anónimos e de preferência fechados, sem acesso ao exterior! São condicionantes que conseguem mexer com a personalidade dos concorrentes e com o jogo em si!
Eu próprio prefiro concorrentes anónimos...
É verdade que este tipo de programas não nos acrescenta nada, mas como costumava dizer, depois de um dia de trabalho, desligava por completo da rotina e dos dias menos bons às custas do programa! Pelo menos ao ver aquilo, sempre nos rimos da palermice dos outros, sobretudo da nossa juventude que julga ter alcançado o estrelato às custas da sua participação!
Surgiu hoje a notícia que o Biggest Deal terminará sábado (este ou o próximo, não sei!!!), portanto não chega ao final do ano!
Um 'biggest fail' para a TVI que não deixará saudades!
Entretanto já anunciaram a chegada do Secret Story no inicio de 2018!
Fica a questão! 
Com que programa brindaremos à entrada do novo ano?
E ainda quem irá apresentar o SS7?
A Teresa havia dito que não apresentaria mais nenhum reality show e que, se aceitou o Biggest Deal foi por ser diferente...
Veremos!

Autoria e outros dados (tags, etc)


O valor dos veterinários

por Carlos, em 09.11.17

"Se não tem dinheiro para cuidar de um animal de estimação, é simples, não adopte!"
Sinceramente cada vez mais esta frase faz sentido, sobretudo pelos casos que conheço de perto e por experiência própria também!
Como já referi algumas vezes por aqui, temos uma gata cá em casa! 

20171109_194443.jpg

A nossa menina, a Yra!
Na chegada dela, tratamos de lhe dar todas as vacinas de forma a poder ser castrada e também porque era imperativo para nós termos um animal cuidado cá em casa! Acontece que chegou um momento e tivemos de deixar as idas ao veterinário para segundo plano e porquê? Porque infelizmente numa dessas visitas ao médico e porque estava magrinha, com exames, vacinas e guia de tratamento deixamos lá 90 euros! É certo que lhe detectaram uma doença e segundo as veterinárias teria de lhe fazer um tratamento mensal!
Meus amigos, num mês deixei lá 90€, quantos mais 90€ teria de lá deixar?
É que tirando o dentista, onde pagamos bem, não gastamos isto connosco!
Decidimos em conjunto deixar para segundo plano as idas ao veterinário e o que é certo é que já lá vão alguns anos e a Yra está bem e recomenda-se!
Com o peso ideal, boa alimentação e com uma dose extra de mimo é a nossa menina protectora! Sim não deixa ninguém chegar perto!
Na minha família tenho casos graves em que levaram ao internamento de alguns animais e pelos quais se pagou balúrdios! Eram situações limite e que felizmente terminaram bem, mas com umas boas centenas de euros a menos na carteira!
O caso mais recente e que infelizmente ainda se encontra internada, temos em casa da minha mãe uma cadela de grande porte a quem apareceram uns tumores nos ovários e que resultaram na urgência de uma operação para lhe retirarem ovários e o útero! Para além de que já poderia haver vestígios de problemas mamários!
Esta cadela, a India, durante anos , teve periodos de passar por "gravidezes psicológicas" que já poderiam estar a revelar algum problema mais sério, mas estes sintomas foram sempre desvalorizados!
Mas voltando ao assunto deste texto, o valor gasto na operação e tratamento da cadela, ronda os 700€!
Meus amigos, quem tem este dinheiro para dispôr no tratamento de um animal?
É que os riscos envolvidos numa operação são enormes, podemos perder o dinheiro e o animal!
E neste caso em concreto a recuperação está a tornar-se lenta devido à fuga de sangue contaminado para outros orgãos durante a cirurgia, o que agora resulta numa infecção difícil de controlar e a agravar ainda mais uma anemia!
Receio que não recupere, voltou a ficar internada!
E se não resultar? O dinheiro que se perdeu, não volta!
Mas, porque não a existência de hospitais veterinários públicos?
Afinal descontamos tanto dinheiro, porque é que o estado não ajuda?
Cada vez mais, ter um animal de estimação virou um luxo que não é para todas as carteiras!
Pelo menos para a minha não dá!

Autoria e outros dados (tags, etc)


As capas da CRISTINA!

por Carlos, em 07.11.17

 

20726715_IsqGa.jpeg20726787_RZ9Pu.jpeg

20726717_4rb2K.jpeg20726718_KH9Ws.jpeg
Este mês a revista Cristina chegou-nos às bancas com quatro capas diferentes, com quatro histórias de vida diferentes!
Portanto será à escolha do freguês!
Já escolheram a vossa?
Nós cá em casa fomos unânimes na decisão, só não fomos numa segunda hipótese de escolha caso esgotasse a primeira!
Mas já lá vamos...
Falando das capas, uma a uma!
O Virgul, o cantor do famoso hit Rainha, ao que parece terá dado à CRISTINA a sua primeira entrevista! Desde pasteleiro até cantor, fala da sua vida numa entrevista intimista feita pela prórpia Cristina Ferreira! Onde se percebe que todas as músicas dele falam de desgostos, muitos deles experiênciados pelo próprio.
A Lili Caneças, surge numa capa ousada, erótica, com um modelo americano muito conhecido! No alto dos seus 73 anos, sem medos, ousou para as objectivas dos fotógrafos numa sessão fotográfica fantástica. Segundo Cristina Ferreira e eu próprio confirmei, nas redes sociais não faltam críticas negativas 'à velha que devia ter juízo'! Ainda Cristina Ferreira diz que recebeu telefonemas a darem-lhe os parabéns por esta capa que em qualquer parte do mundo faria sucesso, ao que ela respondeu!
"Pois, mas estamos em Portugal!"
Lujbomir Stanisic faz capa com a esposa, numa produção bastante sensual! A esposa foi quem o entrevistou, a pessoa que melhor o conhece! A pessoa que foi ao mundo desconhecido do grande público e desafiou o marido a contá-lo numa entrevista bastante sincera e emotiva! Existe uma história que conta, tinha 17 anos...vale mesmo a pena lêr!
A Alexandra Lencastre confesso, adoro esta mulher, deixou-se entrevistar por Manuel Luís Goucha! Numa conversa intimista com o apresentador foram colocadas a nu muitas fragilidades da actriz que para muitos continua a ser uma incógnita! Mas quem é a Alexandra afinal?
São quatro capas bastante interessantes e é dada ao leitor a possibilidade de escolher a sua!
Gosto de todas elas, talvez a que goste menos seja a do Virgul. Quanto às restantes, Lujbomir deixou-me curioso de ler a entrevista, contudo, apesar de uma capa apelativa, talvez pela postura dele perante o programa que teve na TVI, não causou muito impacto em mim!
A capa da Alexandra está bonita, mas muito simples, mas como gosto imenso dela seria a minha segunda escolha!
Fica a faltar a que realmente escolhemos de uma forma unânime cá em casa, talvez a mais inesperada, a mais ousada!
A da Lili Caneças!
A mesma que causou furor nas redes sociais, a mesma que alguns canais da concorrência resolveram condenar, a mesma que alimentou os haters que basicamente nada mais sabem fazer do que destilar veneno de cara escondida!
Para mim esta é a capa, se bem que todas as outras estão no interior da revista, mas escolhi esta, porque gostei, porque gosto de gente que sabe enfrentar, que ousa e não está nem aí para o que possam dizer dela!
Como diz Manuel Luís Goucha!
"Nada na vida é uma questão de idade, mas sim de atitude!"

Autoria e outros dados (tags, etc)


"Um dia mau"

por Carlos, em 06.11.17

Se me perguntassem:
O que é um dia mau para ti?
Responderia:
Um dia mau para mim, igual a muitos que já tive...
É saír de casa de carro e ter um acidente quase ao ponto de mandar o bolinhas para a sucata!
Saír de de casa para ir trabalhar e no regresso perceber que amanhã já não tenho trabalho!
Escorregar pela manhã na rampa de acesso ao prédio, é começar muito mal o dia!
Um atrito com o chefe ou com um colega de trabalho é sinónimo de um dia muito mau!
Deixar torrar a comida é muito mau também.
São imensos os exemplos que eu,e vocês também, poderíamos dar aqui!

1174341.jpg

Por estes dias, com a polémica que se instalou com as agressões à porta do Urban Beach, o advogado de um dos seguranças detidos em entrevista aos meios de comunicação, afirmou que o cliente cliente teve "apenas um dia mau"!
Ora acho que a esta hora toda a gente terá visto o vídeo das agressões!
Sinceramente aquilo é fruto de "apenas um dia mau"?!
Não, aquilo é violência gratuíta, abuso de poder, uma barbaridade, um acto animalesco, uma tentativa de homícidio!
Todos nós sabemos como funciona esta máfia onde estão integrados grande parte destes ditos seguranças, como os lobos, formam matilha. Depois é fugir deles enquanto podemos!
Por duas vezes em duas saídas à noite, nós presenciamos o abuso do poder destes brutamontes...
Numa conhecida discoteca gay no Porto, um elemento que estava a causar desacatos no interior da mesma, foi trazido para fora do estabelecimento, tínhamos saído naquele instante, mandaram fechar a porta e o segurança imobilizou o individuo e ainda o prendou com um valente murro! Havia necessidade? Já estava fora da discoteca, já estava imobilizado...
Noutra situação estavamos à porta de um parque de estacionamento junto das Galerias Paris e num daqueles bares que ficam na esquina vejo dois seguranças a trazer um indívuduo para o exterior, com este já no chão, pontapearam-no na cabeça!
Mas onde estamos? Que país é este?
É verdade, eu poderia ter feito alguma coisa naquelas duas noites, mas corria o risco de ser reconhecido e sofrer represálias! 
Se deveria ter filmado? No momento não me lembrei...
Há muito tempo que esta máfia existe, não é de agora, mas como em tudo só quando vem a lume com intensidade é que a administração interna decide intrometer-se e neste caso polémico encerrou o Urban Beach!
Mas o que fizeram quando o madeirense João Medeiros desapareceu sem deixar rasto e as últimas imagens são a abandonar o recinto do referido espaço de diversão nocturna acompanhado pelos seguranças?
Que foi feito para apurar o que aconteceu ao miúdo?
Nada...absolutamente nada!
Os seguranças existem sim, para impôr a ordem em situações de barulho, desacatos, não devendo ficar apenas a observar, contudo não devem usar da violência! Não é esse o papel deles!
Mas, nós vamos nos esquecer destas notícias, mas os seguranças vão continuar a agir assim!

Autoria e outros dados (tags, etc)


O cartel do fogo

por Carlos, em 05.11.17

fogo.jpg

 O Cartel do Fogo, uma reportagem de Ana Leal que passou na TVI na passada segunda-feira e que visou sobretudo meter a nu os negócios que se fazem por detrás da cortina de fogo que todos os anos varre o nosso país!

Quem ganha dinheiro quando arde Portugal? 
Como é sabido recorremos sempre ao sector privado espanhol para ter apoio aéreo no combate aos incêndios, mas ao que parece essas empresas manipulam os concursos públicos. Seis das principais empresas espanholas de combate aos fogos manipulam ao que se julga saber, desde 2006 os contratos públicos com Portugal, com ofertas falsas, para garantir que conseguem ganhar todas os concursos.
Umas vezes, as firmas combinam entre si os preços com que concorrem aos concursos quer em Espanha quer em Portugal e Itália, dividindo depois os lucros; noutras, não dão resposta, de forma a obrigarem os Estados a subirem o preço-base de adjudicação dos seus serviços
Estão a ser investigadas ramificações em território nacional a este cartel nascido em terras de nuestros hermanos.
O nosso país por não ter meios de combate próprio está completamente exposto a este tipo de negócio, sujo, pois se não houver fogos, as empresas não faturam; só ganham dinheiro quando os aviões estão no ar, e para isso precisam de incêndios.
Portanto se precisam...
Quem estará por detrás deste flagelo que todos os anos varre o nosso país?
Não é preciso dar resposta, pois não?
É por isto mesmo que afastar a força aérea do combate aos incêndios foi erro crasso e imperdoável!
E nisto tudo quem é o maior lesado? O nosso estado pois claro! Que ao que parece são conhecedores deste cartel e nada fizeram ao longo dos últimos anos.
Os nossos governantes vem agora na hora da tragédia, dizer que tudo foi feito para evitar a catástrofe e que novas medidas vão ser tomadas! Mas que medidas? As que estavam guardadas na gaveta há mais de um ano? Medidas essas que faziam parte do anterior governo e que simplesmente deixaram cair?
Que seja feita alguma coisa, de uma vez por todas, pois senão as mais de 100 vítimas dos incêndios, só este ano, não mais serão do que meros números!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Revolta

por Carlos, em 01.11.17

Um vídeo que mostra dois homens a agredir um outro completamente indefeso, prostrado no chão!
Todo o resto da notícia está disponível na comunicação social! Dois feridos graves e um terceiro a lutar pela vida no hospital!
Meus caros, até quando vamos continuar a ter uma justiça cega e suave a este tipo de crimes?
Consta-se que estes animais (sim, animais, pois chamar-lhes de outra coisa qualquer envolveria a mãe deles, e essa não sabemos se os educou bem ou mal!) já estão referenciados como perigosos, tem cadastro e são suspeitos de muitos desacatos na região de Coimbra!
Chega de passivismo político, daqueles que fazem leis brandas e continuam a deixar à solta estes delinquentes!
CHEGA!
Sim isto é um grito de revolta!
Fico doente por ver cenas destas! 
O que apetece fazer?
A estes animais?
Eu, apedrejava-os até não se mexerem mais!
A cadeia? Não meus amigos!
Isso são férias prolongadas, onde existe televisão e telemóvel!
Apedrejá-los e envia-los para as pedreiras, executarem trabalhos pesados!
CHEGA de passarmos a mão! De desculparmos tudo e todos! Chega de consentirmos que estes políticos nada façam para mudar esta realidade!
Isto revolta-me e peço desculpas pelo extremar da minha opinião, mas não consigo pensar de outra forma!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Divagando sobre a gordura...

por Carlos, em 30.10.17

ref_rap_panado_frango2.jpg

Este sábado antes de irmos para a praia e como não tínhamos almoçado, paramos numa confeitaria para petiscar alguma coisa!

Ambos pedimos uma sande de panado e confesso, pela primeira vez decidi deixar o tomate e a alface e soube-me pela vida!
Pedi uma garrafa de água e bebi o meu café!
Ele ainda pediu um bolo e acompanhou a 'refeição' com um ice tea!
Sim, e onde queres chegar com isto? - Perguntam vocês!
Na mesa ao lado um casal na casa dos 40 e muitos com um filho pequeno!
Todos eles comeram o mesmo, uma sande de panado e se querem saber, dava gosto ver o miúdo a devora-lo como se não houvesse amanhã! Ele teria mais ao menos uns 11 anos. Reparei nele, porque para além de comer bem, era um miúdo gordinho! 
Eu sei, gordinho é querido, porque na verdade para a idade e altura o rapaz estava gordo, sim bem gordo!
Acompanharam o panado com uma coca cola, não era light não, era mesmo coca cola!
Pensei para mim, não tiveram tempo, tal como nós, de fazer o almoço e esta foi a alternativa, contudo ficaria esclarecido se tivessem ficado por ali!
Ás tantas vejo o miúdo envergonhado a pedir alguma coisa à mãe. Esta acenou-lhe que sim e de imediato o rapaz levantou-se e foi pedir mais um panado!
Mais um e mesmo não o tendo devorado de forma voraz como ao primeiro, o que é certo é que o comeu todo!
Agora, pergunto eu!
Aqueles pais estão a olhar pela saúde do filho?
Porque não uma sopa antes do primeiro panado e aí talvez não pedisse o segundo?
É certo que deve dar um gozo enorme ver um filho a comer bem! Antes isso do que não comer...
Mas não tem que existir um peso e uma medida?!

E é esse peso e medida que tento encontrar na minha alimentação!
Esta sexta-feira tivemos consulta médica, de rotina, e de forma simpática foi-nos dito que estavamos bem acima do peso!
A sério Doutora? Não era preciso ter dito, já tinhamos percebido!
Contudo fiquei preocupado assim que me alertou para o historial familiar como um factor de risco...
É verdade, não estamos gordos, contudo estamos acima do peso ideal e temos que arranjar forma de contrariar a balança, que não seja deixar de olhar para ela!
É certo que apontei o dedo áqueles pais, é certo que o miúdo era bem gordo e não houve um cuidado paternal naquela refeição?
Mas, e eu? Nós? Não teria feito melhor uma sopa ao panado?

Divagações, é verdade!
Mas se não mudarmos primeiro a nossa forma de pensar? Como conseguiremos mudar o corpo?
Eu sei, eu sei...olha por ti antes de falares dos outros!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Detalhe fotográfico #6

por Carlos, em 29.10.17

IMG_1712.JPG

A fotografia de hoje, leva-me até 2013 aquando da nossa visita a Paris! Já por aqui vos mostrei uma foto da emblemática Tour Eiffel, hoje é a vez do famoso retrato de Gioconda ou Mona Lisa.
Este é um dos retratos mais emblemáticos da história da pintura. Pintada por Leonardo da Vinci no século XVI, entrou nas coleções da corte francesa para depois fazer parte das obras expostas no Museu do Louvre. 
Como turistas na capital do amor, não poderíamos deixar de ir visitar este excelente museu onde destaco sem dúvida alguma a riqueza artística que o compõe, sobretudo os aposentos de Napoleão Bonaparte! Fiquei encantado.
Claro que estavamos curiosos por ver o famoso quadro de Mona Lisa!
Mas o nosso espanto foi enorme ao vermos uma sala com grandes áreas e um pé direito bastante alto, apenas com um minúsculo quadro pendurado na parede!
Naquele momento pensamos que só poderia ser o famoso quadro, tamanha era a quantidade de pessoas em frente a ele a disparar os flashs das máquinas!
Fiquei desiludido, estava à espera de mais! Não me perguntem o quê, não sei explicar!
Confesso que o Louvre serviu para ser visitado uma vez, não tenciono voltar!
Voltaria sim, a visitar o Palácio de Versalhes, mas esse, é um detalhe fotográfico para outro dia!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

Ver perfil
Seguir perfil



Detalhes passados

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D



No facebook


Outros detalhes