Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O valor dos veterinários

por Carlos, em 09.11.17

"Se não tem dinheiro para cuidar de um animal de estimação, é simples, não adopte!"
Sinceramente cada vez mais esta frase faz sentido, sobretudo pelos casos que conheço de perto e por experiência própria também!
Como já referi algumas vezes por aqui, temos uma gata cá em casa! 

20171109_194443.jpg

A nossa menina, a Yra!
Na chegada dela, tratamos de lhe dar todas as vacinas de forma a poder ser castrada e também porque era imperativo para nós termos um animal cuidado cá em casa! Acontece que chegou um momento e tivemos de deixar as idas ao veterinário para segundo plano e porquê? Porque infelizmente numa dessas visitas ao médico e porque estava magrinha, com exames, vacinas e guia de tratamento deixamos lá 90 euros! É certo que lhe detectaram uma doença e segundo as veterinárias teria de lhe fazer um tratamento mensal!
Meus amigos, num mês deixei lá 90€, quantos mais 90€ teria de lá deixar?
É que tirando o dentista, onde pagamos bem, não gastamos isto connosco!
Decidimos em conjunto deixar para segundo plano as idas ao veterinário e o que é certo é que já lá vão alguns anos e a Yra está bem e recomenda-se!
Com o peso ideal, boa alimentação e com uma dose extra de mimo é a nossa menina protectora! Sim não deixa ninguém chegar perto!
Na minha família tenho casos graves em que levaram ao internamento de alguns animais e pelos quais se pagou balúrdios! Eram situações limite e que felizmente terminaram bem, mas com umas boas centenas de euros a menos na carteira!
O caso mais recente e que infelizmente ainda se encontra internada, temos em casa da minha mãe uma cadela de grande porte a quem apareceram uns tumores nos ovários e que resultaram na urgência de uma operação para lhe retirarem ovários e o útero! Para além de que já poderia haver vestígios de problemas mamários!
Esta cadela, a India, durante anos , teve periodos de passar por "gravidezes psicológicas" que já poderiam estar a revelar algum problema mais sério, mas estes sintomas foram sempre desvalorizados!
Mas voltando ao assunto deste texto, o valor gasto na operação e tratamento da cadela, ronda os 700€!
Meus amigos, quem tem este dinheiro para dispôr no tratamento de um animal?
É que os riscos envolvidos numa operação são enormes, podemos perder o dinheiro e o animal!
E neste caso em concreto a recuperação está a tornar-se lenta devido à fuga de sangue contaminado para outros orgãos durante a cirurgia, o que agora resulta numa infecção difícil de controlar e a agravar ainda mais uma anemia!
Receio que não recupere, voltou a ficar internada!
E se não resultar? O dinheiro que se perdeu, não volta!
Mas, porque não a existência de hospitais veterinários públicos?
Afinal descontamos tanto dinheiro, porque é que o estado não ajuda?
Cada vez mais, ter um animal de estimação virou um luxo que não é para todas as carteiras!
Pelo menos para a minha não dá!

imag4.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


40 comentários

Imagem de perfil

De HD a 09.11.2017 às 20:40

Já não há desculpas para esta questão... que falta de responsabilidade!!!
Imagem de perfil

De Carlos a 10.11.2017 às 13:12

Sim, muitos fogem à responsabilidade depois de adoptar um animal, por outro lado, os preços que se praticam nos cuidados com um animal são enormes e nem todas as bolsas estão à altura!
Abraço
Imagem de perfil

De cheia a 09.11.2017 às 20:43

Uma moda, que não está ao alcance de todos!
Imagem de perfil

De Fátima Bento a 09.11.2017 às 22:20

Cheia, não tem NADA de moda!
Imagem de perfil

De Carlos a 10.11.2017 às 13:11

Também não acho que seja uma moda ter um animal ou a questão dos veterinários!
Adoptar um animal é um acto que requer responsabilidades e eu agi como tal, contudo, mesmo sendo a favor da existência dos veterinários, custa-me deixar lá tanto dinheiro!Nem comigo gasto isso...
Aquele abraço.
Imagem de perfil

De Sílex a 09.11.2017 às 20:45

Olá, Carlos. Tens toda a razão e é uma pena. Sempre achei que ter um animal é quase como decidir ter um filho. Não se abandona, um nem o outro e o compromisso com ambos deve ser para a vida no que diz respeito a amar e a proteger. Mas, infelizmente por mais que se goste, nem sempre é possível por um determinado número de razões proporcionar a um animal um bom ambiente e tudo que merece. Assim, é melhor não os ter que os maltratar, negligenciar e até descartar. Um grande abraço e muito obrigada pelo teu email. Uma excelente noite e tudo a correr muito bem!
Imagem de perfil

De Carlos a 10.11.2017 às 13:15

Sim e eu condeno o abandono! Mea culpa minha quando a primeira gata a devolvi ao fim de 6 meses por me destruir tudo! Lá está, não abandonei, devolvi e sei que ainda hoje está bem tratada! Contudo ainda me culpabilizo com o que fiz.
Mas a verdade é essa mesmo, não tendo dinheiro para tratar, o melhor mesmo é não adoptar!
Fica caro! E hoje em dia, principalmente os de raça dão muitos problemas de saúde!
Obrigado por cá passares.
Imagem de perfil

De Beia Folques a 09.11.2017 às 21:23

Ter um animal de estimação passou a ser um luxo
Imagem de perfil

De Carlos a 10.11.2017 às 13:16

Completamente de acordo!
Um luxo bem caro na altura de os tratarmos...
Beijinho.
Imagem de perfil

De Triptofano! a 09.11.2017 às 22:17

Cada vez mais é um luxo ter um animal, isto se quisermos tratá-lo com a dignidade que ele merece!
Como sabes temos três porquinhas cá em casa, e já se ponderou a hipótese de uma delas ter de fazer uma pequena cirurgia - e essa cirurgia seria no mínimo 100 euros. Agora imagina que as três necessitam de fazer a mesma cirurgia? E é uma operação que pode ter que ser repetida mais que uma vez. Não é barato, mas enquanto uma pessoa conseguir, vai esticando para não faltar aos animais - afinal eles não se podem defender!
O cara metade quer muito um cãozinho, mas já está decidido que só o teremos quando tivermos amealhado uma boa quantia que possamos gastar nele se houver necessidade!
Um abraço
Imagem de perfil

De Carlos a 10.11.2017 às 13:17

Sim pensem muito bem na altura de adoptarem um animal maior!
Se bem que já se vão apercebendo dos custos visto terem pequenos animais em casa!
É caro, muito caro...
Um abraço Trip.
Imagem de perfil

De Triptofano! a 13.11.2017 às 08:52

Realmente é necessário um grande investimento, e às vezes o facto do animal ser maior não é proporcional ao preço dos tratamentos - basta ser uma espécie exótica que os preços sobem em flecha - há menos especialistas, os preços são inflacionados, enfim...
Um grande abraço Carlos
Imagem de perfil

De omeumaiorsonho a 09.11.2017 às 22:30

Não sai barato não.
Agora só tenho um gatinho os gastos são mínimos mas quando tinha os 2 e eram pequenos deixávamos sempre lá um pequeno balúrdio.
Mas se queremos os animais temos de os estimar!!
Imagem de perfil

De Carlos a 10.11.2017 às 13:18

Sim temos que os estimar!
Mas quando percebemos que gastamos mais com um animal do que propriamente connosco, ficamos a pensar, não?
Beijinho.
Imagem de perfil

De M a 09.11.2017 às 22:34

Também tenho aqui em casa uma amiguinha canina. Felizmente nunca teve nenhum problema de saúde e sinceramente as visitas ao veterinário por aqui também não são muito regulares. Mas também não são as idas ao centro de saúde, à clínica de análises, ao hospital. Eu acho que tem de haver um compromisso. Como quando decidimos ter um filho... quando o temos já não há volta a dar. É nosso, está à nossa responsabilidade e, com ou sem dinheiro, temos de lhe propor o melhor que conseguirmos. Não seria capaz de deixar um filho meu morrer sem tentar salvá-lo, assim como não seria capaz de o fazer pela minha patuda. Mas que isto está complicado, lá isso está. Está tudo tão escandalosamente caro...
Imagem de perfil

De Carlos a 10.11.2017 às 13:20

Sim...e por mim falo!
É claro que se agora tivesse que submeter a Yra a uma cirurgia, não hesitaria em fazê-la!
Mas existe um aproveitamento enorme! É caro, muito caro...
Obrigado por cá teres passado.
Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 09.11.2017 às 22:37

Não sei se sabes, mas dá para deduzir no IRS uma parte do IVA pago nas clinicas veterinárias. Podes confirmar no e-fatura. Foi uma medida apontada pelo PAN e que que este governo pôs em ação. Penso que existem vacinações públicas, Por acaso no dia 1 de Novembro quando fui ao cemitério tinha um edital a avisar a população disso mesmo. é fundamental ter as vacinas em dia e penso que o estado comparticipa. Quanto aos gastos do veterinário, é como tudo.um animal pode ou não ficar doente.
Imagem de perfil

De Carlos a 10.11.2017 às 13:21

Sim eu sei disso!
Mas no caso da Yra, vou ter que ir ao veterinário por causa do problema ocular, agora eles que não pensem que vou andar sempre a correr para lá! O dinheiro não estica e eles praticam preços exagerados! É o que eu acho!
Imagem de perfil

De Carlos a 10.11.2017 às 13:22

Um abraço.
Imagem de perfil

De Fátima Bento a 09.11.2017 às 23:01

Eis que levantas um tema bastante importante.

Desde que os animais passaram a ter personalidade jurídica, a morte provocada dos animais passou a ser crime com moldura legal (há por aí uma área cinzenta, mas a ideia que vale é mesmo esta). Vai daí que as colónias de gatos multiplicam-se exponencialmente... e tende a piorar, digo eu, que com um macho e duas fêmeas no quintal, e uma fêmea, mãe dos "meus" três, de mais três - e dizem que foi mãe outra vez ontem ou há dois dias - que também aparece para comer de quando em vez... e atrás vêm os três minions... chego a ter 7 gatos a lanchar... e as "minhas" ainda não emprenharam... vai ser lindo... #sóquenão...

Ora sendo as pikenas criaturinhas lindas de morrer e fofinhas, e (ainda por cima) comunicativos - até já sabem estabelecer contato visual enquanto miam com aquelas vozes de bebé..., ráspartósbicharocos... seriam adotáveis SE existisse, por exemplo, uma rede de veterinários que desse apoio por preços simbólicos. Eu diria que as CM poderiam arcar com esse pelouro.
É que qualquer dia estamos a deitar gatos pelos olhos (digo eu que pareço uma parva e gasto quase tanto em comida para as minhas duas ladies, os "meus" três e mais os outros que se fazem convidados, como cá para casa...) e não há coragem para não alimentar, para enxotar - e para onde vão eles se enxotados????
Este é um problema bastante grave a que não se está a dar atenção nenhuma.
E a «mafia» dos veterinários (desculpa, é o que penso de alguns deles) parecem aqueles mecânicos nada escrupulosos a quem levamos o carro com um problema de embraiagem e pouco tempo depois estamos lá por causa dos travões... e depois é o travão de mão, e por ai fora...

Hei-de pegar neste assunto, que me deixa as entranhas às voltas. Só de pensar que possa acontecer alguma coisa àqueles três fico doente.

Quanto às minhas aqui da casa, não têm vacinas, nem nunca tiveram: não saem de casa, nem vão sair. Tenho muito cuidado com a alimentação - o que é uma excelente forma de prevenir doenças várias. Tirando o facto da 'mái nova comer plástico - que vomita em seguida, a parva - e da 'mái velha que nunca "jogou com o baralho todo" ir a correr para a casa de banho de cada vez que um de nós a usa, para beber água no lavatório, e por o fazer tantas vezes, volta e meia vomita, não tenho tido quaisquer problemas com elas. A Blimunda, que morreu com 17 anos, nitidamente de velhice, teve todos os mimos até ao fim; só não teve veterinária. Mimos carinho, aconchego. Quando chegou a hora e estivemos com ela, eu e a minha filha, até exalar o último suspiro.

Tudo deveria ser regulamentado. Mas não é. E cada vez há mais animais que não são adotados ou que são abandonados porque NÃO É POSSÍVEL pagar o que os veterinários cobram.
NÃO É.
Imagem de perfil

De Carlos a 10.11.2017 às 13:26

Grande verdade!
Os veterinários cobram balúrdios!
Com três gatos em casa, deve ser uma alegria?!
A nossa por estar sozinha é muito protectora dos donos e não deixa mais ninguém se aproximar dela!
É uma delícia!
Beijinho
Imagem de perfil

De Fátima Bento a 10.11.2017 às 15:31

Duas em casa (que têm 5 anos e meio de diferença de idade e não se gramam...) e três no quintal!

As minhas de casa não se gramam porque querem-me só para cada uma delas.E qiuando eu estou à janela de volta dos três do quintal (de janela, que o quintal não é meu - está desabitado- e embora eles vivam no telhado do avançado deste, na casota que lhes fizemos, não lhes consigo tocar) elas duas pegam-se à bulha... é mais a mais nova que se atira à "tia" Mia... mas os outros três são tão giros a interagir comigo... põem-se na brincadeira, e se eu me cego paratrás e não me vêem, param. Eu chego à frente e eles voltam a brincar... a sério, é um mimo!
Imagem de perfil

De Fátima Bento a 10.11.2017 às 15:32

... gralhas e água benta...
Sem imagem de perfil

De Marta Moura a 10.11.2017 às 09:53

De facto fica muito caro tratar bem os nossos bichinhos.
Imagem de perfil

De Carlos a 10.11.2017 às 13:26

Muito mesmo Marta!
E parece que ninguém quer regulamentar isso...
Beijinho

Comentar


Pág. 1/2



foto do autor



Detalhes passados

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D


imag2.jpg


No facebook


Outros detalhes