Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Não fui importante!

por Carlos, em 28.12.17

9796ae93c50b9dfd42bd3abf5b652368-jornal-em-cachoei

O espírito que andou perdido em vésperas de Natal, resolveu aparecer no dia 24 e fazer-me sorrir!
Para quem me segue, tem percebido que ando preocupado com algo, que noutro dia qualquer explicarei melhor! Algo que hoje, talvez possa ter resolução, ou não. E isso afetou bastante a minha postura diante esta quadra festiva, contudo quis a magia do Natal aquecer o meu coração e no dia 24 resolvi esquecer momentaneamente os devaneios, as preocupações e as tristezas e viver a quadra aproveitando a companhia do meu namorado e da minha família!
Éramos 15 à mesa mais o membro mais novo que ora dormia, ora enchia o ambiente da sala com o seu choro copioso, estava aborrecida, em casa estranha, raros foram os momentos em que a conseguimos calar!
Mas tudo correu mais ao menos bem, não fosse…
Um pequeno devaneio de uma familiar que, enquanto jantávamos, ao dirigir-se de forma mais agreste ao marido viu na reação da restante família um ar de reprovação! Pensei para mim, que o Natal tivesse ficado estragado naquele momento, contudo a mudança de postura da mesma nos momentos seguintes, serenou os ânimos e tudo continuou a correr como de costume!
A noite prosseguiu dentro da normalidade, apenas diferente por termos uma bebé que chorava, mas que ao mesmo tempo nos enchia de alegria! Uma bebé, por si só já enche uma casa de amor!
Bem perto da meia noite, dá-se lugar ao desenrolar da entrega de presentes. Ora como a família é grande e depois decidem sempre trazer as prendas que outros familiares e amigos dão, passa-se ali duas a três horas em que me pergunto, quando calhará algo no meu sapatinho?!
Já sei como é, todos os anos são iguais e eu já fico feliz com o pouco que recebo, pois sei que é um gesto pleno de amor! E para mim o Natal é isso...amor!
No entanto este ano algo desagradou-me imenso, entristeceu-me e fez-me sentir tão mal!
Os pais do membro mais novo da família, meus sobrinhos, resolveram pegar numa fotografia do rebento, torná-la em postal de boas festas e oferecerem aos avós, aos tios e aos primos! Enquanto observava acreditei sempre que houvesse ali um envelope para mim, afinal também sou tio e o meu companheiro também o é, só que não, para mim nenhum postal!
Acho que fiquei com a pior cara de 'tacho' a olhar e uma sobrinha minha percebeu bem que naquele momento fui posto de parte!
Não me estragaram o Natal, mas fiquei triste, foi um gesto bonito da parte deles para com os outros, mas para comigo que também sou tio, que também fiquei feliz com o nascimento da menina, que também lhe dei prenda, que me preocupo, para comigo, foi um gesto que interpretei como não ser importante na vida deles! Não me venham com a história de que se esqueceram, essa já não cola, a família não se esquece e nestas datas muito menos!
Às vezes questiono-me, que mal fiz eu, para não lhes merecer importância! Talvez exista mais história por detrás deste gesto, mas, eu não tenho a culpa!
Fiquei triste...

Autoria e outros dados (tags, etc)


63 comentários

Imagem de perfil

De Marta Elle a 28.12.2017 às 07:54

Isso foi uma grande falta de consideração por parte deles.
Eu dava a foto mesmo que alguém não fosse da família, só para não se sentir posto de parte.
Imagem de perfil

De Carlos a 28.12.2017 às 11:50

Não sou importante para eles, daí não se terem lembrado de mim!
Imagem de perfil

De @sem-espinhas a 28.12.2017 às 08:05

Também me sentiria assim :/ Realmente foi um bocadinho mau :/

Beijinhos



Imagem de perfil

De Carlos a 28.12.2017 às 11:51

Fiquei mesmo com aquela cara de tacho!
Apesar dos meus 37 anos, perceber que deram a toda a gente e a mim não, doeu!
Beijinho.
Imagem de perfil

De Beia Folques a 28.12.2017 às 08:28

Também eu ficaria mesmo muito triste, um sentimento de isolamento no meio de todos. De certeza que iram reflectir sobre o erro e corrigi-lo. Ter fé é sempre uma boa ideia.
Imagem de perfil

De Carlos a 28.12.2017 às 11:51

Sabes, acho que nem eles se aperceberam do que fizeram!
Lá está, não sou importante!
Beijinho.
Imagem de perfil

De Beia Folques a 29.12.2017 às 15:38

Vai por mim, tudo se organiza e volta ao caminho que está correcto. Ter fé que foi só um estúpido equivoco.Bjinhos
Imagem de perfil

De Happy a 28.12.2017 às 08:37

Foi um gesto pouco natalício.
Não te incomodes, afinal, a atitude impensada foi deles...
Imagem de perfil

De Carlos a 28.12.2017 às 11:52

Pois, mas quem se sentiu de parte, mal, fui eu!
Eles nem se lembram do que fizeram e para eles continua tudo igual, só para mim é que não!
Beijinho.
Imagem de perfil

De Sónia Azevedo a 28.12.2017 às 08:53

Hmmm, de facto é uma situação que nos deixa melindrados.
Todos gostamos de ser aceites, e amados, principalmente pela família. Mas por vezes esta é quem mais nos cobra, e também decepciona.
A atitude foi deles. Não deixes que isso te afete, mais do que deve, já passou, e então escolhe libertar essa situação e sentimento.
E que nunca a tua importância seja posta em causa por um presente!!
Muito menos em causa por ti.
Bjinho e olha em frente.........pfff é só uma foto.
Imagem de perfil

De Carlos a 28.12.2017 às 11:54

Sabes, a minha sobrinha que sempre me alertou para o facto de os valorizar mais do que merecem, apenas me disse..."Um dia eles darão fé da pancada!"
Não que eu seja vingativo, mas fogo, não abrem os olhos?
Enfim...
Imagem de perfil

De Sónia Azevedo a 28.12.2017 às 12:11

psiuuuu, sossega a mente, não alimentes mais isso........breath in ...breath ou ....let it go...

há coisas que realmente importam....essa é apenas uma pedrinha que te atiraram, não deixes que te magoe, não deixes que te magoem...e mesmo sendo família , não dês a importância que não merecem....e isto não tem nada que ver com vingança, tem única e exclusivamente que ver com quem não deves doar tempo ok?!! Liberta , doce e suavemente.
Já te ensinei o exercício ARPA?
BJINHO
Imagem de perfil

De Maria a 28.12.2017 às 09:26

Compreendo perfeitamente, já passei por uma dessas...
Olha, deixa lá. Não lhes des importancia (eu sei...)
Imagem de perfil

De Carlos a 28.12.2017 às 11:55

Pois, não é de todo fácil!
Mas pronto, há que seguir em frente!
Tenho assuntos mais importantes para resolver...
Beijinho.
Imagem de perfil

De Paula Rocha a 28.12.2017 às 10:58

Não dês muita importância à coisa, faz um postal para ti com o rebento, e tenta fazer mais bonito ainda oferece-lhes e diz que te esqueceste de entregar no Natal, e tchau até ao próximo Natal
beijinhos
Imagem de perfil

De Carlos a 28.12.2017 às 11:55

Era merecido, não era?
Mas eu não sou de todo vingativo e principalmente quando falamos em família!
Sou assim...
Beijinho e obrigado!
Imagem de perfil

De A Desconhecida a 28.12.2017 às 11:32

Também eu ficaria triste... E sem saber como disfarçar essa tristeza no momento.
Imagem de perfil

De Carlos a 28.12.2017 às 11:56

Eu disfarcei, quer dizer tentei, mudando de assunto, cobiçando a prenda de outra pessoa! Tudo para não dar a entender a desilusão que ia cá dentro!
Beijinho grande.
Imagem de perfil

De A rapariga do autocarro a 28.12.2017 às 11:40

Péssimo, péssimo, ora aí estão pessoas que em 2018 deviam ir para reciclagem. Se me fizessem algo parecido numa festa de Natal, no próximo haveria de o passar nem que fosse sozinha, só para não voltar a cruzar-me com elas. Não merecem o vosso carinho.
Imagem de perfil

De Carlos a 28.12.2017 às 11:58

Pois, mas eu não sou assim!
Com amigos, sim, já tive que fechar muitas portas, mas com a família não consigo!
Sinto que família é para amar e proteger, valorizar e guardar sempre no coração. Talvez por isso a desilusão seja tão, mas tão grande!
Beijinho.
Imagem de perfil

De A rapariga do autocarro a 28.12.2017 às 13:07

Vais sofrer ainda mais com um coração assim, há família que nem para amigos servem. O facto de terem o mesmo sangue que nós não os torna melhores. Mas isso sou eu que sou um bocadinho fria de mais!
Imagem de perfil

De Carlos a 28.12.2017 às 13:36

Fria não...sensata!
Imagem de perfil

De Triptofano! a 28.12.2017 às 12:20

Se acontecesse comigo também ficaria magoado - toda a gente receber a recordação e eu não sentir-me-ia posto de parte, desprezado mesmo!
Mas na realidade de quem é o problema? De quem ignora ou de quem é ignorado?
Quem procede mal é que deve ficar com remorsos, tu não tens culpa nenhuma é seguir em frente.
Agora também te digo que se fosse no meu caso perguntava directamente na hora porque é que se tinham esquecido do meu cartão - ou sou menos que os outros?
Um abraço e não te preocupes com coisas mesquinhas!
Imagem de perfil

De Carlos a 28.12.2017 às 12:39

Obrigado amigo por me visitares!
Não tenho essa coragem de confrontar, não faz parte do meu feitio!
O melhor mesmo é ignorar...
Abraço enorme!
Imagem de perfil

De Bruxa Mimi a 29.12.2017 às 11:30

Eu estava exatamente a pensar que também teria perguntado na hora onde é que estava o meu postal, sem drama, mas perguntava.
Tenho certeza que também me sentiria posta de parte e para que não se repetisse... perguntava.

Comentar


Pág. 1/3



Mais sobre mim

Ver perfil
Seguir perfil



Detalhes passados

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D



No facebook


Outros detalhes