Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





A minha patinhas fofas...

por Carlos, em 12.01.18

26731558_10210301623089421_8005535886323443844_n.j
O dia já não me corria bem, por vezes somos assolados por pensamentos vazios que nos deixam assim! Tristes, desamparados, sem rumo...de resto é possível comprovar isso com o meu post anterior! Contudo o pior ainda estava para vir...
Tirei esta foto por estes dias, achei piada a Yra enrolada sobre ela própria com a cabeça apoiada no meu braço, nunca a vi assim e resolvi registar o momento, mal sabia eu que seria a última fotografia que lhe tirava!
Ontem, apesar de me sentir em baixo, recusei os conselhos para sair de casa e tal igual aos outros dias deixei-me estar prostrado no sofá, vendo televisão, consultando alguns sites de emprego e outros de alugueres de espaços!
Começou um filme interessante no Hollywwod, fechei o computador e estava atento!
A Yra como sempre, procurou-me e deitou-se sobre o cobertor que me cobria os pés! Durante o dia ainda brinquei com ela, sempre gostei de a provocar e ela sempre gostou de 'atacar' os meus pés ou mãos enquanto se mexiam por debaixo do cobertor! Apesar de adulta, ainda brincava muito!
Até que...
De repente vejo-a a dar um salto, a cair por cima do braço do sofá e vejo-a cair no chão! Naquele instante percebi que não tinha sido apenas um susto, pois não correu dali para fora como habitualmente fazia! Vejo-a a dar umas cambalhotas e a embater com a cabeça na perna da mesa de jantar, acabando por se imobilizar debaixo da mesma! Ouvi dois miares muito baixinhos, enquanto abria a boca e fechava por diversas vezes! 
Assustado liguei para uma irmã, queria chamar um veterinário, entrei em pânico, não sabia o que fazer.
Momentos depois abeirei-me dela e já não respirava!
A minha Yra morreu!
Não acredito que a criei com tanto amor e carinho ao longo de 8 anos a minha patinhas fofas, para num minuto partir! Ficamos sem a nossa princesa, a nossa companhia, a nossa amiga! 
Não consegui chorar no momento, fiquei incrédulo.
A minha irmã ajudou-me, levamo-la para casa da minha mãe e aí tratamos do resto!
O pior veio depois, assim que o meu menino saiu do trabalho e me deu boleia, não consegui aguentar o silêncio que se criou dentro do carro! Chorei com pena, chorei com tristeza, não vou mais ver a minha Yra!
Ao entrar em casa, novamente a falta dela, o silêncio, o ninho vazio, vai fazer-me (nos) tanta falta!
Hoje tenho de arrumar as coisas dela, coragem, preciso de coragem!
Ainda dizem que não é amor o que sentimos pelos nossos amigos patudos?

"Nunca mais te vou esquecer minha patinhas fofas!
Até sempre minha amiga Yra!"

(À Happy as minhas desculpas por hoje não escrever como prometido a resposta à 2ª pergunta do Desafio das 52 Semanas. Publicarei amanhã!)

Autoria e outros dados (tags, etc)


77 comentários

Imagem de perfil

De Quarentona a 12.01.2018 às 07:37

Olha... nem tenho palavras... o sei o que custa. Aceita um abraço apertado...
Imagem de perfil

De Carlos a 12.01.2018 às 17:22

Obrigado!
Custa este vazio, mas tem de passar, tenho de esquecer!
De coração obrigado.
Beijinho
Imagem de perfil

De Sónia Azevedo a 12.01.2018 às 08:14

Ohhh sei que custa muito. Eles fazem parte da família.
Um bjinho grande e força.
Imagem de perfil

De Carlos a 12.01.2018 às 17:23

Obrigado amiga!
Sim custa imenso, era a minha companhia de sempre e principalmente nesta fase de desemprego!
De coração obrigado.
Beijinho
Imagem de perfil

De @sem-espinhas a 12.01.2018 às 08:30

:( que triste....é sempre tão triste perder uma amiga :(
Imagem de perfil

De Carlos a 12.01.2018 às 17:24

Muito! Os animais adoptados são como família, a dor é praticamente a mesma quando partem!
De coração obrigado.
Beijinho
Imagem de perfil

De Ana a 12.01.2018 às 10:40

Que triste, que dor . Um abraço apertado, nem sei o que dizer mais
Imagem de perfil

De Carlos a 12.01.2018 às 17:25

Obrigado Ana!
As palavras por muito sinceras, apenas confortam, o resto temos de saber ultrapassar sozinhos!
Custa...dói...mas tenho de me conformar!
De coração obrigado.
Beijinho
Imagem de perfil

De Ladys a 12.01.2018 às 10:53

doí tanto.
Beijo grande ao 2 . Marina
Imagem de perfil

De Carlos a 12.01.2018 às 17:25

Obrigado!
Se dói Marina...
De coração obrigado.
Beijinho
Imagem de perfil

De m-M a 12.01.2018 às 11:23

Passei pelo mesmo vai para 3 anos, com o meu Botinhas, que era muito parecido com a tua menina :(

Conheço a tua dor e estou aqui para o que precisares!

Força ***
Imagem de perfil

De Carlos a 12.01.2018 às 17:26

Obrigado amiga!
São dores iguais e intensas...tenho tanta pena e ao mesmo tempo saudades dela!
De coração obrigado.
Beijinho
Sem imagem de perfil

De Marta Moura a 12.01.2018 às 11:33

Nem consigo imaginar a tua dor. Muita força! :(
Imagem de perfil

De Carlos a 12.01.2018 às 17:27

Foi à minha frente...ainda mais doente fiquei de ver a agonia, a aflição dela!
De coração obrigado.
Beijinho
Imagem de perfil

De Happy a 12.01.2018 às 11:54

Não te preocupes. Compreendo a tua dor. Em Julho 2016 morreu o meu Garfield e independentemente do que possam dizer, apegamo-nos como se fosse outro membro da família.
Coragem!
Imagem de perfil

De Carlos a 12.01.2018 às 17:27

Sim, o carinho é praticamente o mesmo!
Já chorei imenso, já sinto saudades dela!
De coração obrigado.
Beijinho
Imagem de perfil

De Beia Folques a 12.01.2018 às 12:24

Só me ocorre que inconscientemente estavas a prever uma tragédia no teu dia para estares tão triste e arredio.
O problema de ter animais de estimação é que passam a ter estatuto de familiares muito queridos.
Coragem Carlos
Imagem de perfil

De Carlos a 12.01.2018 às 17:29

Sim, o dia já estava péssimo!
Eles são família e esta gata de tão mimosa conseguiu roubar-nos todo o amor do mundo.
Já tenho saudades!
De coração obrigado.
Beijinho
Imagem de perfil

De A 3ª face a 12.01.2018 às 12:51

Carlos, sem te dares conta, respondeste ao desafio de hoje: nunca vais esquecer a tua menina!
Só quem nunca criou um animal de estimação como outro membro qualquer da família é que não percebe a dor de os perder!

Sabes, durante muito tempo, a foto do ecran do telemóvel da minha filha foi a última foto da nossa cadela já doente, antes de morrer.
Hoje já substituiu a foto mas as saudades ficam para sempre!
Muita força!
Imagem de perfil

De Carlos a 12.01.2018 às 17:29

É verdade, sem querer respondi ao desafio, nunca a vou esquecer mesmo!
É imensa a saudade!
De coração obrigado.
Beijinho

Comentar


Pág. 1/4



Mais sobre mim

Ver perfil
Seguir perfil



Detalhes passados

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D



No facebook


Outros detalhes