Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





2018

por Carlos, em 30.12.17

Happy-New-Year-2018-Images-1.jpg

Em conversa com diversas pessoas, existe a unanimidade de que este ano passou a voar!
Não sei se no ano passado fiquei com a mesma sensação, mas o atual passou tão depressa, foi num abrir e piscar de olhos.
Confesso que já fui mais de fazer resoluções de ano novo, agora procuro fazê-las diariamente, isto porque de que vale pedir, jurar fazer, ambicionar tudo num só dia, se no decorrer do ano nos esquecemos e depois chegamos ao fim do mesmo com a sensação de que nada se realizou?!
Então este ano não vou pedir nada de um modo geral, vou viver o dia apenas como uma passagem no calendário, vou festejar é certo, mas será mais um dia entre muitos outros! Contudo a cada dia vou fazendo planos, vou pedindo, vou lutando, no presente e para o dia seguinte!
Diariamente vou pedir saúde, sim essa malandra que neste momento nos assusta um pouco!
Vou pedir um trabalho, preciso urgentemente de encontrar um e todos os dias vou lutar por isso!
Vou pedir amor, já o tenho é verdade, mas mantê-lo firme e forte é sempre um desafio!
Todos os dias, haverão pedidos e muita vontade em realizá-los.
Dito isto e como sei que nos encontraremos diariamente para um olá, desejo-vos então um bom ano 2018 com tudo a correr bem e se possível com os vossos sonhos, desejos e vontades a realizarem-se!
Até já...

Autoria e outros dados (tags, etc)


À descoberta dos bloggers...

por Carlos, em 29.12.17

149912110005132988.JPEG

Aqui me confesso ser pouco amigo daqueles desafios em corrente a que se respondem a uma série de perguntas e no fim ainda temos que nomear (chatear) dois ou três blogguers a responderem ao mesmo inquérito! Portanto já devem ter percebido que não alinho muito nisso!

No entanto recentemente recebi um email do Sr. Triptofano em que me falava de um desafio, cuja ideia surgiu no jantar de natal dos bloguistas, ao qual infelizmente não compareci (marquem um no Porto e eu vou!).
A ideia consistia na escolha de uma ou mais perguntas, dentro de uma série de 25 e responder-lhes em forma de texto! Achei super interessante a ideia e dispus-me imediatamente a responder à número 24, alguém que tenha mais do que três irmãos!

"Bem que a minha mãe podia ter ficado pela mão cheia de filhos, contudo a prole só ficaria completa com a 6ª gravidez!

Aquela que mais lhe deu dores de cabeça, o meu nascimento pois claro!

Sim somos meia dúzia de irmãos, onde eu faço 19 anos de diferença do mais velho, e 7 da mais nova! A verdade é que tenho irmãos que poderiam ser meus pais.

Segundo a educação que a nossa mãe nos deu, nos incutiu, o amor e o respeito entre nós jamais deverá ser quebrado, daí que somos muito unidos, principalmente os quatro mais novos! E é tão lindo, é tão forte o amor de irmãos...

Infelizmente o meu irmão mais velho já nos deixou há seis anos, num domingo de Páscoa, foi acometido de um ataque cardíaco!

Já sabíamos que devido aos excessos o desfecho não iria ser o mais favorável...

Foi uma machadada forte nesta união, doeu, ainda dói, mas serviu também para nos unir ainda mais. E ainda hoje sinto a força dele entre nós, e sabes porquê?

Porque o verdadeiro amor não morre e fortalece-se, mesmo que a ausência física seja eterna!"

 

Obrigado amigo Trip por me teres feito pensar no amor que nutro pelos meus, sem dúvida alguma para mim o amor maior é o que sinto pela minha mãe e pelos meus irmãos!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Não fui importante!

por Carlos, em 28.12.17

9796ae93c50b9dfd42bd3abf5b652368-jornal-em-cachoei

O espírito que andou perdido em vésperas de Natal, resolveu aparecer no dia 24 e fazer-me sorrir!
Para quem me segue, tem percebido que ando preocupado com algo, que noutro dia qualquer explicarei melhor! Algo que hoje, talvez possa ter resolução, ou não. E isso afetou bastante a minha postura diante esta quadra festiva, contudo quis a magia do Natal aquecer o meu coração e no dia 24 resolvi esquecer momentaneamente os devaneios, as preocupações e as tristezas e viver a quadra aproveitando a companhia do meu namorado e da minha família!
Éramos 15 à mesa mais o membro mais novo que ora dormia, ora enchia o ambiente da sala com o seu choro copioso, estava aborrecida, em casa estranha, raros foram os momentos em que a conseguimos calar!
Mas tudo correu mais ao menos bem, não fosse…
Um pequeno devaneio de uma familiar que, enquanto jantávamos, ao dirigir-se de forma mais agreste ao marido viu na reação da restante família um ar de reprovação! Pensei para mim, que o Natal tivesse ficado estragado naquele momento, contudo a mudança de postura da mesma nos momentos seguintes, serenou os ânimos e tudo continuou a correr como de costume!
A noite prosseguiu dentro da normalidade, apenas diferente por termos uma bebé que chorava, mas que ao mesmo tempo nos enchia de alegria! Uma bebé, por si só já enche uma casa de amor!
Bem perto da meia noite, dá-se lugar ao desenrolar da entrega de presentes. Ora como a família é grande e depois decidem sempre trazer as prendas que outros familiares e amigos dão, passa-se ali duas a três horas em que me pergunto, quando calhará algo no meu sapatinho?!
Já sei como é, todos os anos são iguais e eu já fico feliz com o pouco que recebo, pois sei que é um gesto pleno de amor! E para mim o Natal é isso...amor!
No entanto este ano algo desagradou-me imenso, entristeceu-me e fez-me sentir tão mal!
Os pais do membro mais novo da família, meus sobrinhos, resolveram pegar numa fotografia do rebento, torná-la em postal de boas festas e oferecerem aos avós, aos tios e aos primos! Enquanto observava acreditei sempre que houvesse ali um envelope para mim, afinal também sou tio e o meu companheiro também o é, só que não, para mim nenhum postal!
Acho que fiquei com a pior cara de 'tacho' a olhar e uma sobrinha minha percebeu bem que naquele momento fui posto de parte!
Não me estragaram o Natal, mas fiquei triste, foi um gesto bonito da parte deles para com os outros, mas para comigo que também sou tio, que também fiquei feliz com o nascimento da menina, que também lhe dei prenda, que me preocupo, para comigo, foi um gesto que interpretei como não ser importante na vida deles! Não me venham com a história de que se esqueceram, essa já não cola, a família não se esquece e nestas datas muito menos!
Às vezes questiono-me, que mal fiz eu, para não lhes merecer importância! Talvez exista mais história por detrás deste gesto, mas, eu não tenho a culpa!
Fiquei triste...

Autoria e outros dados (tags, etc)


Um adeus, um olá

por Carlos, em 27.12.17

teresaegoucha.pngAdeus Teresa Guilherme! Olá Manuel Luís Goucha!
Já não era novidade nenhuma a pouca vontade da 'mãe' dos reality shows em Portugal para apresentar uma 7ª edição da casa dos segredos! A mesma havia revelado em Janeiro não ter intenções de voltar a apresentar este formato telivisivo, contudo com a introdução do Biggest Deal na grelha da TVI, a mesma achou tratar-se de algo diferente e arriscou. Infelizmente não venceu e o formato foi cancelado um mês depois.
Entretanto é anunciada a 7ªedição da casa dos segredos e a pergunta impunha-se! Quem vai apresentar?
Sinceramente sempre pensei que a Teresa fosse reconsiderar e voltar atrás nas declarações que deu, aceitando assim apresentar novamente o reality show. Contudo com o passar das semanas vieram a lume as negociações da TVI com o José Carlos Malato e com o João Baião para abandonarem a concorrência e abraçarem este desafio, mas os mesmos declinaram dando poucas hipóteses de escolha à estação televisiva! 
Assim, ontem fui surpreendido pela decisão de Manuel Luís Goucha em aceitar apresentar este formato que muitas vezes o mesmo criticou!
A meu ver a TVI deveria fazer render, dar mais oportunidades aos outros apresentadores da estação, contudo neste caso impunha-se a necessidade de colocar um apresentador com pulso e postura e acredito que o Sr. Goucha vai estar à altura do desafio!
Pôs-se fim desta forma ao reinado de Teresa Guilherme que com sucesso apresentou as últimas cinco edições, muito embora os trocadilhos da apresentadora já me enervavam!
Boa sorte Manuel Luís Goucha!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Depois do Natal

por Carlos, em 26.12.17

25507964_1949453048642000_2657261024942022926_n.jpDepois do Natal, a ressaca!
A ressaca do sono, a ressaca do alcool, a ressaca dos doces e de todas as iguarias que se confeccionam em quantidades abundantes, como se não houvesse amanhã!
Mas existe o amanhã, o depois também e os quilos acumulados dos inúmeros jantares e da própria ceia tendem a acompanhar-nos...
Estou cheio, comi tanto, que muito embora pela imagem possam pensar que me apetece colocar os pés ao alto, na verdade só estou bem com eles estendidos no sofá, sem me mexer muito!
Já não posso ouvir falar de rabanadas, pão de ló ou avelâs...
E por aí como se sentem neste período pós Natalício? 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Feliz Natal!

por Carlos, em 23.12.17

25508154_1948856342035004_422766965688263407_n.jpg
Neste Natal, em cada vela que se acende, uma esperança, uma luz, uma estrela que vos guie, o amor, a amizade, a saúde, mas sobretudo o calor no coração para vos aquecer nesta quadra festiva!
A todos vocês que acompanham este meu detalhe e que me fazem sentir aconchegado com palavras de apreço e afecto, faço votos de um Feliz e Santo Natal na companhia dos vossos familiares!
Beijinhos e abraços.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Espírito natalício?

por Carlos, em 22.12.17

25442886_1947101912210447_1062081748478822808_n.pnAlguns dos que conhecem este meu blogue já perceberam que não tenho estado nos meus melhores dias!
A vida encarrega-se sempre de testar os meus limites em vésperas do Natal...
Anos houve em que fui assaltado, fui acusado de roubo e um familiar descobrira um linfoma (tudo no mesmo ano), ou uma desconfiança de um adenoma num rim há dois anos atrás, ou ainda o desemprego em dezembro do ano passado! As vésperas das quadras festivas tem sido vividas constantemente em sobressalto! Felizmente apesar de novamente desempregado, tudo o resto se resolveu positivamente.
Este ano, como não poderia deixar de ser, mais um susto, mais uma situação que só ficará clarificada depois das festas possivelmente! É uma questão de saúde, peço desculpa não me alongarei muito mais do que isto, que tem-me tirado o sono.
Eu quero acreditar que não será nada de muito grave, contudo alguma coisa é!
E pronto, como devem imaginar, ainda procuro o verdadeiro espírito natalício, e este ano ou esqueço de todo o que me atormenta ou não o encontrarei pela certa!
Como vai o espírito por aí?

Autoria e outros dados (tags, etc)


Soledad Cardinali - Fomos ao circo

por Carlos, em 21.12.17

25487503_306923459814554_6170234906876813786_o.jpg
O circo Soledad Cardinali está até início de Janeiro no parque da cidade do Porto!
Este ano o meu menino meteu na cabeça que queria ir ao circo, eu fiz-lhe a vontade...
Longe vão os anos, onde criança adorava o circo e toda aquela magia que o rodeava! Deliciava-me a ver  os domadores de leões, os palhaços e mais perto desta quadra festiva ver surgir o Pai Natal aquecia o meu coração. Velhos tempos...
O Soledad Cardinali, se viram na televisão ficou bastante danificado aquando da tempestade Ana, valeu-lhes a ajuda vinda de amigos para conseguirem levantar uma nova tenda e assim cumprir com os espectáculos agendados na Invicta até final do ano.
Compramos os bilhetes pelo 'Odisseias' onde paguei apenas 18€ pelos dois, quando na bilheteira custavam 20€ cada um! Ou seja pelo valor de um, comprei os dois...
Vamos ao espectáculo?
A expectativa era enorme confesso, contudo saí de lá desiludido! Das quase duas horas de espectáculo saliento como bom (não excelente) apenas o número com os leões e com as cobras (havia um crocodilo pelo meio)! De resto foi muito pobre, para o que estava à espera...
As ginastas não surpreenderam, os palhaços apenas fizeram rir as crianças com diálogos velhos e gastos, para além dos gestos que estavam descoordenados com a música, e ainda um número com dromedários e outro com um hipópotamo que mais não serviram para encher chouriços!
Mas, é só isto? Pensei eu assim que se aproximava do fim!
Não houve grande envolvência por parte do pouco público dentro da tenda!
Saímos de lá a pensar que teríamos feito melhor, assistir a uma sessão de cinema.
O meu namorado apenas me disse:
'Deixa lá, fizemos uma saída romântica a dois!" 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Vazios de alma

por Carlos, em 20.12.17

EXCLUSIVIDADE_MOLDURAS_SOROCABA.JPG

Por estes dias tenho lido por aqui, muitas saudades dos que partiram e que neste Natal deixarão cadeiras vazias na noite de consoada!
A meu ver são saudades eternas, contudo nestas alturas o coração aperta um pouco mais, não fosse esta quadra festiva principalmente a festa da família!
Todos nós sem exceção já teremos perdido familiares, já conhecemos por demais a dor que se sente por perder alguém, portanto sabemos bem que são mágoas que jamais se esquecerão!
Não sou a pessoa mais crente deste mundo, apesar de acreditar numa força maior, num Deus todo poderoso, soberano, o mesmo Deus a que muitos se dirigem no agradecimento como também na angústia, no pedido de ajuda, no perdão! Eu acredito nele…
Mas tenho comigo a ideia de que os que já partiram serão sem dúvida alguma os nossos maiores anjos da guarda e que estarão algures neste universo a conspirar a nosso favor. Assim eu penso, assim continuo a dirigir-me a eles, na alegria e na tristeza, como no agradecimento e nos pedidos de ajuda!
Dizem que os retratos que guardamos dos que já partiram, são apenas imagens, vazios de alma!
Talvez tenham razão, pois as almas elevam-se aos céus sempre que a missão termina na terra.
Mas para mim, os retratos que guardo continuam a fazer sentido em cima da minha cómoda.
Para mim as homenagens em cemitério deixaram de fazer lógica, não que não as faça de tempos a tempos, contudo apenas em casa gosto de acender uma vela junto às fotografias daqueles que um dia foram família e amigos! Acendo quando me lembro deles, acendo quando lhes peço ajuda, acendo quando quero…
Poderão os retratos estarem vazios das almas, é certo, mas para mim estão cheios de simbolismo, aquele que eu lhes confiro e mais, assim sinto-me sempre mais perto daqueles que deixaram vazias as cadeiras na noite de consoada!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Apenas dois agradecimentos

por Carlos, em 19.12.17

Saber agradecer faz parte do bom que o ser humano pode possuir! Concordam comigo, muitos não sabem sequer sorrir, quanto mais soletrar a palavra obrigado?!
Mas hoje é dia de eu dizer obrigado, obrigado ao David e ao Sapo!

20171218_154157.jpgO David enviou-me através da iniciativa do 'Pai Natal Secreto' criado pela Marta, um livro de Luis Sepúlveda!
Obrigado caro amigo David pela prenda e pelas tuas palavras! De certeza que será um livro que vou gostar e desfrutar!
Vou iniciar o novo ano a ler um livro, talvez um bom presságio para quem não ganhou (ainda) este hábito tão enraízado na minha família! Depois farei questão de dar a minha opinião sobre o mesmo!
Este foi o primeiro ano que participei nesta iniciativa, pela experiência, vou repetir pela certa no próximo ano!

O Pedro, do Sapo, enviou-me um email há uns tempos a pedir uma das minhas fotos partilhadas no blog aquando da iniciativa criada pelos próprios, 'Paisagens de 2017'! Não poderia declinar e fiquei muito entusiasmado com a hipótese deste figurar num dos cabeçalhos dos futuros templates!
O email de confirmação de que a mesma teria passado nos testes chegou dois dias depois e hoje sinto-me feliz por ver uma fotografia minha no cabeçalho do template 'Poente'!
Vocês gostam?

20171218_175147.jpgObrigado Pedro pela vossa escolha ter recaído por uma das minhas fotografias, um grande orgulho para mim!
Deveriam repetir estas iniciativas que acabam sempre por mobilizar a blogosfera em peso.
Hoje sinto-me bastante agradecido e lisonjeado! 
Deveriam ser todos os dias assim. 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Serei caso raro?

por Carlos, em 18.12.17

images.jpg

O nosso dia a dia continua a ser invadido pelos escândalos “Raríssimas” e “Adoções ilegais pela IURD”!
Quando pensamos que o jornalismo em Portugal não funciona, ou que é muito sensacionalista, eis que alguns jornalistas nos provam o contrário e constroem duas excelentes reportagens que acabaram por deixar o país em choque!
E, ainda sobre a “Raríssimas” que anteriormente escrevi e dei a minha opinião, terminei o meu artigo afirmando que por uns pagam os outros!
Este fim de semana, numa ida ao supermercado com o meu namorado, encontramos duas jovens à entrada do mesmo a abordar os clientes com um peditório a favor das crianças com cancro!
Embebido pelas ultimas notícias acenei imediatamente com a cabeça, negando qualquer tipo de contributo, contudo o problema foi depois, enquanto estava nas compras o meu pensamento foi invadido com as imagens das duas jovens enquanto me questionava se não estaria a ser injusto?
Senti-me um pouco mal pela minha atitude, sim, talvez devesse ajudar!
É verdade que não podemos deixar que um caso isolado se generalize, mas foi tão gritante o abuso da tal presidente da Raríssimas, que ficamos com receio que o nosso dinheiro, mais não sirva do que para encher os bolsos de quem não precisa! E isso não quero!
Todos os anos costumo ajudar uma, ou outra instituição, mas agora vou ficar sempre na dúvida se devo ou não fazê-lo!
Serei caso raro? Ou vocês também pensam como eu?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Eu pergunto-me!

por Carlos, em 16.12.17

alone-5828.jpgPorque sofro eu por antecipação?
Porque faço na minha cabeça os filmes mais dramáticos possíveis?
Porque deixo de dormir?
E roo as unhas até não ter mais que roer?
Será porque sou humano e como qualquer um sou evadido pelo medo?!
Ou será porque sou mesmo parvo?!
A vida já me demonstrou que não vale a pena perder o meu tempo com preocupações, porque na maioria das vezes, a montanha pariu um rato, contudo não consigo ser diferente!
E quase sempre sem razão...

Bom fim de semana.

Autoria e outros dados (tags, etc)


A música do ano

por Carlos, em 15.12.17

O Sapo desafiou-nos a escrever sobre o melhor da música durante este ano que finda daqui a praticamente duas semanas! Portanto, como gosto dos desafios que nos lança, cá estou a fazê-lo, não fosse eu um apaixonado por música! Aliás, rara será a pessoa que não gostará!
Assim resolvi partilhar convosco o meu top 3 a nivel nacional! Para mim, o melhor que se fez por cá durante este ano e pelo que sinto, chegaram, entranharam-se e dificilmente ficarão esquecidas! 
Vou começar pelo número 3, aquela música que este ano me (nos) deu uma enorme felicidade com Salvador Sobral a vencer a eurovisão com o tema "Amar pelos dois"!

 Confesso, não seria o tema que escolheria para nos representar no certame, mas depois de a ouvir algumas vezes percebi o potencial da mesma e comecei a gostar, até que já a sabia de cor! 

Ao Salvador Sobral agradeço a felicidade que me deu por ter vencido um festival que jamais na vida pensei conseguirmos tal feito.
Foi bom demais!
Em 2º lugar neste meu top coloco a música de Marco Rodrigues, "O Tempo"!

 

Um pouco a igualar o registo já lançado pela fadista Mariza, o Marco conseguiu com este tema colocar os Portugueses a cantarolar a música por todo o lado! Quem é que não se rendeu ao Tempo?
Por último, mas para mim o melhor que se fez no nosso país nos últimos anos, a número um do meu top, Carolina Deslandes com "A vida toda"!

Mas quem é que não gosta deste tema com uma melodia tão doce e uma letra tão bonita? Mas que declaração de amor, de amizade, de carinho? Amo este tema e derreto-me sempre que o ouço!
Ressalvo o panorama músical Português que está em constante evolução e temos assistido ao surgimento de verdadeiros artistas que continuam a brindar-nos com excelentes temas. Ella Nor, DAMA, Diogo Piçarra, Fernando Daniel entre outros são prova disso!
E vocês? Já partilharam as vossas escolhas?

Autoria e outros dados (tags, etc)


Nós

por Carlos, em 14.12.17

tumblr_ob0alzJoEQ1sthf15o1_500.jpg

"Existem uns nós fáceis de soltar, mas outros tantos...
Não os consigo desatar!
Ainda que chorasse,
Os conseguiria aliviar!
Vivem aqui, vivem em mim,
Vieram para ficar!"
Carlos

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


Entre irmãos

por Carlos, em 13.12.17

20171212_143042.jpgOntem foi dia de saída entre irmãos!
Já cá devo ter referido que a contar comigo, a minha mãe teve 6 filhos! Não somos a maior família do mundo, mas quando nos reunimos somos cerca de 20 pessoas entre pais, irmãos, sobrinhos e sobrinhos netos! 
Infelizmente já sofremos a perda do meu pai, de um irmão e um sobrinho, um rombo na união desta família que, dentro dos possíveis, conseguiu ultrapassar!
A minha mãe sempre nos incutiu com amor que os nossos laços são para toda a vida e que os devemos preservar, daí o meu amor enorme, o respeito e o carinho pelos meus irmãos! Costumo muitas vezes dizer que apesar de ter irmãos rapazes, as minhas irmãs e a minha mãe são as mulheres da minha vida!
Então, para mim todo o motivo para estarmos juntos é uma alegria!
Duas das minhas manas convidaram-me então para sair, como não tenho carro, chega hoje, vieram buscar-me a casa e fomos até ao shopping adiantar as compras de Natal! Mas que dia...
Não satisfeitos com um centro comercial, nada como rumarmos a um segundo, onde acabamos por almoçar e não terminando todas as compras, ao fim de algumas horas rendemos-nos ao cansaço!
No regresso a casa, o consolo de um dia muito bem passado entre irmãos!
E para marcar o dia em beleza, nada como uma foto dos três gulosos a comer um waffle no Cascata.

Autoria e outros dados (tags, etc)


No hospital...

por Carlos, em 12.12.17

o.jpg

 Quando aqui há uns meses expus num outro blogue, entretanto extinto, a minha aventura num hospital onde me diagnosticaram com 'papeira', jamais pensei que voltaria a viver outra meses mais tarde! E quando falo em aventura, refiro-me ao tempo que se perde, às cenas a que se assiste e ainda ao atendimento que se tem!

Mais uma vez, não vou inventar, vou contar o que os meus olhos viram e os ouvidos escutaram!
O meu companheiro há cerca de semana e meia que tem apresentado umas queixas abdominais e muito embora tenham aliviado, entretanto sentia que pioravam! Decidimos então ir às urgências do Hospital Pedro Hispano onde após a triagem lhe foi atribuída a pulseira verde!
Seriam 19h deste sábado quando entramos na sala de espera, onde lhe disse contente, olha só tens este casal à tua frente!
Os minutos foram passando, foi chegando mais gente e pelo micro chamavam sempre pessoas que não estavam ali. Olhava em volta e só via pulseiras amarelas, o que nós tendo uma verde não teríamos prioridade alguma. Entretanto enquanto vagueava pela sala, decidi vir até à porta onde aconteceu o primeiro episódio caricato da noite, e desculpem meus senhores esta afirmação, quando me apercebi que estava diante de elementos de etnia cigana logo percebi que a noite não iria correr bem!
“Ai, ai, ai!Estou com muitas dores! Ai que vou morrer!” - Gritava o jovem!
Reparem tinham acabado de chegar!
“Nunca mais me chamam!” “Vou rebentar com as portas!” - Continuou ele entre gemidos teatrais e alguns silêncios!
Nisso entra em ação a namorada!
“Vou entrar por estas portas e vou apanhar uma enfermeira pelos cabelos e vais ver como vais ser atendido!”
Começou então a abrir as portas todas dos consultórios, mas naquele momento, os médicos estariam com outros utentes (ou não?) a fazer exames!
Eu só pensava para mim, não estou a assistir a isto, pois não?
Dez minutos depois ainda não tinham chamado ninguém, e eles continuavam, queriam entrar à força toda à frente de outros com a mesma cor de pulseira, até que ouviram vozes num consultório e a rapariga abriu de rompante a porta do mesmo aos gritos com quem lá estava a exigir sob porrada ajuda ao namorado! O médico que estaria com uma utente, pediu à jovem que se retirasse e o namorado desta (que lhe doía muito a barriga!!!!), sai da maca em direção ao médico para lhe bater! Levantou-se logo ali um pandemónio que meteu a polícia à mistura! Como em qualquer hospital existe um efetivo da PSP, o mesmo chegou imediatamente e o médico exigiu que os dois jovens fossem notificados. (Abençoado médico, com tomates e sem medo!)
Colocaram a jovem no exterior das urgências! E ao jovem cigano disseram para se acalmar e aguardar pela sua vez!
Nisso entra a parte ainda mais teatral! Atirou-se da maca ao chão a dizer que tinha muitas dores, chorava e dizia que ia morrer como o pai morreu, de cancro no estômago!
Por momentos senti um pouco de pena, mas todo aquele filme era apenas para passar à frente de todos os outros!
O que é certo é que voltaram a colocar a namorada ao lado dele, a mesma que provocou tudo e entraram, na vez deles! Não foram à frente de ninguém! (Abençoados médicos que não se deixam intimidar!)
Quando saíram do consultório, alguém lhe perguntou como estava!
De sorriso de puro gozo:”Estou um homem novo!”
A sério? Ah grande animal!
Já sei, nem todos os ciganos são iguais...dizem os apaziguadores!
Mas eu não penso assim.

Fomos atendidos perto da meia noite!
Pediu um exame!
Exame feito, no regresso ao médico, para mal dos nossos pecados o homem demorava a colocar a password no computador para abrir o processo, eis então que eu percebo que o médico, sim, o médico estava a dormir diante do monitor! Demorou uns dez minutos a abrir o computador e a passar um xarope!
Dá para acreditar?
Sim foi no Pedro Hispano em Matosinhos!
Ainda tive para apresentar queixa dele, mas eram já 2h quando pagamos a urgência e o que eu mais queria era sair dali!
No fim o alívio de o diagnóstico ter sido bem leve!
Ainda assim vim indignado com a cena do cigano!
Mas quando é que aplicarão penas mais pesadas a estes oportunistas da treta?
Boa semana.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Pulha

por Carlos, em 11.12.17

Desculpem-me a linguagem no título deste artigo, mas este foi um termo utilizado durante a reportagem que hoje partilho convosco?
Vocês viram? Perceberam bem a forma suja como é gerida esta instituição? 
Quem algum dia ajudou a "Raríssimas"? 
Mesmo que não o tenhamos feito directamente, os nossos impostos que mensalmente entregamos ao estado servem para que diversas instituições sejam ajudadas! Até aí tudo bem, percebo perfeitamente. Só não consigo aceitar que não sejam feitas auditorias a estas instituições e que depois venhamos a saber que o dinheiro tem servido para enriquecer uma família inteira!
Pulha, a palavra certa a uma pessoa que brinca com o dinheiro do estado!
Pulha, a palavra certa a uma pessoa que enriqueceu com o dinheiro do estado e dos contribuintes!
Pulha, a palavra certa a uma pessoa arrogante, prepotente e que assediava moralmente os que não concordassem com ela!
Pulha, a palavra certa a uma pessoa que se achava, que enriqueceu com o nosso dinheiro e que ainda obrigava a que os funcionários quase lhe fizessem a vénia à sua passagem!
Pulha! Pulha! Pulha!
Ganhar mais que o Presidente da República e ainda repudiar a postura humana deste!
Achar que o marido, encarregado de armazém, a ganhar 2000 e tal euros, ganhava mal!
"A sério!" - Dizia ela!
Não vou dizer aqui o que esta mulher merecia! Iria descer muito baixo...
Espero que seja feita justiça e que de alguma forma isto sirva de exemplo para que auditorias sejam feitas noutras instituições!
Estão a brincar com o nosso dinheiro!
Cada vez mais me recuso a ajudar estas instituições, não são novidades os boatos de que muitas vezes os bens monetários e alimentares não chegam ao destinatário ou então não chegam por inteiro!
E depois, por uns pagam os outros!
Ah grande pulha!
 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Vem aí a Ana

por Carlos, em 09.12.17

ThinkstockPhotos-105934727_1483907832694_7568098_v

Os furacões e tufões já tem atribuídos nomes de pessoas e a partir de agora as tempestades mais fortes que passem por Portugal também terão direito a um nome próprio. Segundo consta, na lista existem nomes Portugueses e verdade é que a primeira, a tempestade Ana, está a começar a formar-se, de acordo com o Centro Europeu de Previsão, e deverá chegar a toda a Península Ibérica este domingo. 
O Instituto Português do Mar e da Atmosfera emitiu, em conjunto com a Autoridade Nacional de Proteção Civil, um aviso à população devido ao agravamento das condições meteorológicas nos próximos dias. Vem aí chuva forte, sobretudo de domingo para segunda-feira.
Como costumo dizer, que venha e engrosse, leve o frio para o Polo Norte e nos deixe com as barragens bem cheias para que se coloque fim a este cenário de seca extrema que não nos larga!
Abriguem-se, vem aí a tempestade Ana!
Bom fim de semana.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Uma mão cheia

por Carlos, em 08.12.17

24955451_10210077738212439_2961974891411168425_o.j
Uma mão cheia, não chega para o que Cristiano Ronaldo almeja, contudo é o suficiente para dar uma bofetada de luva branca a muitos dos que não acreditavam nas capacidades do CR7!
Aqui me confesso um grande fâ do jogador Português, mesmo que por vezes não esteja de acordo com algumas das escolhas que ele faz na vida. Mas, a vida é dele!
Gosto da garra que ele tem em vencer tudo, gosto do exemplo, do desempenho, da preserverança!
Aprecio a solidariedade do próprio que se tem envolvido em diversas campanhas!
Gosto e orgulho-me de cada vez que o nome dele é falado no mundo, sinto, que falam também um pouco de Portugal.
E afinal sabe tão bem que falem de nós, do nosso país! Não dizem que Portugal está na moda?
Parabéns ao Cristiano Ronaldo pela 5ª bola de ouro. Obrigado Cristiano por conseguires levar-nos tão longe!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Detalhe musical #9

por Carlos, em 07.12.17

800x-1.jpg

A partilha musical de hoje vem envolta de muita saudade e tristeza!

Depois de há uma semana termos perdido o Zé Pedro dos Xutos e Pontapés, hoje 'choro' a morte de mais um ídolo, o ídolo de inúmeras gerações!
Morreu Johnny Hallyday!
Não me posso intitular de fã ou seguidor da carreira deste grande senhor, contudo cresci a ouvir as suas músicas.
Os meus pais emigraram para França em finais dos anos 60, na altura este era o cantor da moda, o ídolo dos jovens! Portanto não foi difícil que desde o início os meus irmãos se tenham rendido a este 'rockeiro' Francês!
Com o regresso a Portugal nos inícios dos anos 80, pouco depois do meu nascimento, foram muitos os discos de vinil que vieram juntamente com os outros pertences, só de Johnny Hallyday eram uns quantos. As minhas irmãs não paravam de ouvir os discos, ao som de «Souvenir Souvenir», «Retiens la nuit» e outros tantos temas, passávamos os sábados à volta das limpezas! Velhas recordações…
Hoje em dia um irmão meu que ainda permanece em França, apenas ouve este artista, no carro, em casa, assiste a concertos, portanto para ele um ídolo! Uma irmã minha ainda continua com a mania das limpezas ao som do Johnny! Coleciona os cd's que o meu irmão lhe envia e um dia, sonhou e realizou, assistiu a um concerto ao vivo!
Sabíamos que estava doente, sabíamos que o desfecho não tardaria, mas fogo, em tão pouco tempo mais um murro no estômago!
Conheço alguns temas deste que foi considerado o “Elvis Presley francês” e admiro, ouço, mas não sou fanático.
Contudo estou triste por mais um monstro do mundo da música nos deixar!
Deixo-vos com um tema dele, num registo calmo, que eu tanto gostava nele.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/2



Mais sobre mim

Ver perfil
Seguir perfil



Detalhes passados

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D



No facebook


Outros detalhes